Kashcoin o uso de criptomoedas na industria musical

Kashcoin: criptomoeda para Bandas musicais e comerciantes

Publicado em 7 de setembro de 2016 por

Kashcoin: criptomoeda para Bandas musicais  e comerciantes

KashCoin ou simplesmente KASH foi criada por Leor Dimant, também conhecido como DJ Lethal. Dimant faz parte de grupos multi-platina, como Limp Bizkit e House of Pain. Ele criou a moeda com o objetivo de introduzir aos amantes de música o conceito de moeda digital.

A criptomoeda pode ser aceita por bandas e comerciantes, permitindo que os amantes de música comprem discos, roupas e mercadoria com KASH. Detentores de moeda também são candidatos a ofertas e vantagens “VIP”, que a equipe Kashcoin diz que são “de outra forma, impossível para pessoas comuns.” “O foco é sobre a adoção comercial”, disse Justin Lally, sócio de Dimont. “Ao invés de apenas pedir aos comerciantes para que usem Kashcoin, estamos trabalhando para fornecer-lhes as ferramentas para que isso aconteça.”

“Se fizermos a maior parte do trabalho duro”, Lally continuou, “os comerciantes serão capazes de integrar facilmente Kashcoins em suas soluções de pagamento já existentes.”

Desde o lançamento da moeda, a equipe KASH vem trabalhando para que as  carteiras estejam disponíveis em todos os principais sistemas operacionais e dispositivos.

Kashcoin é o segundo projeto blockchain destinado a indústria da música a ser lançado nas ultimas semanas. No início de agosto, a Rede TAO foi anunciado. Este projeto pretende fornecer uma plataforma de distribuição de conteúdo descentralizada, baseada em blockchain para os músicos. Na semana passada, Bitcoinist informou sobre o encerramento do crowdsale da Rede TAO, que levantou US $ 100.000 USD para financiar o desenvolvimento do mesmo.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment