Kaspersky Lab: projetos de ICO perderam US$300 milhões por causa de hackers em 2017

Em 2017, hackers capturaram US$300 milhões de um total de US$3,5 bilhões dos fundos coletados durante a Oferta Inicial de Moedas (ICO).

Publicado em 6 de dezembro de 2017 por

Em 2017, hackers capturaram US$300 milhões de um total de US$3,5 bilhões dos fundos coletados durante a Oferta Inicial de Moedas (ICO). O número de vítimas ultrapassou 60 mil. Esses dados foram compilados pela pesquisa da Kaspersky Lab.

De acordo com especialistas da empresa, o interesse dos hackers pelas ICOs está relacionado às grandes quantidades que circulam neste mercado, onde o investidor médio investe cerca de US$5 mil nos projetos.

Publicidade

Publicidade

“Ao longo do ano, registramos mais de dois mil ataques de hackers em ICOs em curso. Esta é a maneira mais maciça de roubar dinheiro através dos projetos”, disse Alexander Gostev, principal especialista em antivírus da Kaspersky Lab.

Entre outros métodos populares usados pelos golpistas para roubar fundos estão: sites de phishing, envio de spam e roubo de fundos pelos organizadores.

Em 2018, os especialistas da Kaspersky Lab esperam a ativação de ataques em caixas eletrônicos e o crescimento das vendas de soluções “encaixadas” para hackers ATM.

“O número de ICOs continuará a crescer, enquanto isso, o número de ataques em carteiras e à criptomoedas também aumentará”, ressaltaram.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment