Kraken cessa serviços no Japão

Uma das mais antigas corretoras criptográficas, a Kraken, anunciou o encerramento de seu trabalho no Japão. Como principal razão para essa decisão, a empresa apontou o aumento do custo das negociações no país.

Publicado em 17 de Abril de 2018 por

Uma das mais antigas corretoras criptográficas, a Kraken, anunciou o encerramento de seu trabalho no Japão. Como principal razão para essa decisão, a empresa apontou o aumento do custo das negociações no país. Isso foi relatado pela Bloomberg.

O comunicado afirma que a empresa pretende interromper todos os serviços a residentes do Japão até o final de junho, sendo que no futuro, caso a situação mude, isso pode ser revertido.

“Terminar o serviço para os residentes do Japão nos permitirá concentrar-nos em melhorar o trabalho em outras regiões. Este é um serviço de ponto de parada, que só se aplica a residentes do Japão e não afeta cidadãos japoneses ou empresas fora do país”, explicou.

Como esclarece a edição, a Kraken começou a funcionar no Japão em outubro de 2014. Segundo a Coinmarketcap, a plataforma ocupa o 10º lugar na lista de corretoras em termos de volume de negócios (US$179,8 milhões nas últimas 24 horas).

Vale ressaltar que em março, a bolsa de valores fechou várias contas bancárias e deixou de aceitar depósitos em dólares, euros e libras esterlinas através do sistema de transferências interbancárias SWIFT.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment