Kraken nega ataque coordenado de DDoS à plataforma

A administração da corretora de criptomoedas Kraken afirmou que o ataque sofrido pela exchange não foi um ataque coordenado ou mesmo manipulação de mercado, sobre o evento ocorrido na segunda feira

Publicado em 10 de maio de 2017 por

A administração da corretora de criptomoedas Kraken afirmou que o ataque sofrido pela exchange não foi um ataque coordenado ou mesmo manipulação de mercado, sobre o evento ocorrido na segunda feira, dia oito de maio, quando a plataforma ficou por mais de 1 hora fora do ar. Isso foi relatado na CryptocoinsNews.

O ataque aconteceu na noite de domingo para segunda, afirmaram os representantes da corretora de criptomoedas, pouco antes uma grande ordem de venda de ETH, o que provocou uma cascata de posições durante a longa liquidação.

Publicidade

Publicidade

No entanto, a corretora afirmou que fez uma investigação sobre o incidente e não viu nenhuma evidencia clara de um ataque coordenado ou manipulação de mercado. Os ataques DDoS, que ocorreram quase simultaneamente, foram classificados pela Kraken como coincidência.

O ataque

Durante o ataque, o preço do Ethereum na Kraken caiu drasticamente, despencando de US$ 90 para US$ 26. A publicação cita um dos comerciantes, que afirma que, em apenas 2 minutos, perdeu algo em torno de US$ 50.000.

Alguns outros comerciantes, afirmou ele, também perderam grandes somas. Em alguns episódios presumivelmente foram perdidos montantes na ordem de US$ 200.000 ou mais.

Publicidade

Publicidade

Vale ressaltar que, em resposta às críticas de que a corretora deve parar de negociar no momento do ataque, representantes da Kraken afirmam que isso levaria a perdas ainda maiores.

“As consequências para os comerciantes teriam sido ainda mais graves se a corretora parasse a negociação em muitas bolsas, e o fechamento do mercado individual significa que os participantes não podem responder às mudanças em outras plataformas”, disse em uma declaração Kraken.

Os representantes da exchange também afirmam que não podem garantir 100% do tempo das atividades da plataforma, observando que os ataques sofridos não podem ser considerados maciços como os ocorridos nas gigantes Amazon ou Google.

Além disso a corretora garante que não é responsável pelas perdas resultes do ocorrido, nem pelos prejuízos dos usuários da plataforma, portanto, não se sente na obrigação de pagar nada a ninguém.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment