A LocalBitcoin está botando pra quebrar

Os volumes de negociação de Bitcoin na LocalBitcoins, mercado peer-to-peer continua a prosperar apesar dos tempos voláteis turbulentos da criptomoeda.

Publicado em 28 de março de 2017 por

Os volumes de negociação de Bitcoin na LocalBitcoins, mercado peer-to-peer continua a prosperar apesar dos tempos voláteis turbulentos da criptomoeda.

Na semana passada, o mercado viu surgir um recorde de US$ 32 milhões em volume de negociação em uma tendência ascendente contínua que disparou no início deste mês, quando o Bitcoin chegou a um recorde histórico de US$ 1.350 no Índice de Preços da Bitstamp (BPI).

Como revelado em dados da Coin.Dance, o pico atingido no início do mês é fortemente influenciado pelas atividades de mercado na China, onde as corretoras continuam a impedir que os usuários retirem seus Bitcoin devido à pressão regulatória das autoridades, liderado pelo Banco Popular da China , o banco central do país.

Introduzido em fevereiro, o congelamento das retiradas, inicialmente, teriam um mês de duração, o que levou os investidores chineses a migrarem para mercados descentralizados alternativos, como a LocalBitcoins.

A LocalBitcoins botando pra quebrar na China

A negociação P2P no mercado cresceu cerca de 5x na China em fevereiro, como consequência da proibição de retirada. A atividade de negociação ajudou os volumes de pressão a subirem além de US$ 24.000.000 na semana seguinte, iniciando uma sequencia de recordes no mercado P2P.

Os volumes negociados na China registraram uma queda na semana passada, mas permaneceu acima dos ¥ 50.000.000 no acumulado semana-a-semana ao longo de março.

LocalBitcoins botando pra quebrar na República Dominicana

A República Dominicana também testemunhou um salto grande em termos de volumes de negociação, com um valor de quase 800.000 sendo negociados na semana passada.

LocalBitcoins botando pra quebrar também na Venezuela

Os volumes negociados na Venezuela também registraram um recorde histórico no mercado descentralizado, com mais de VEF 22,5 milhões registrados na semana passada. Os custos de eletricidade barata e um bolívar em espiral descendente devido à hiperinflação tem presenciado um aumento nas operações de mineração de Bitcoin de pequena escala no país.

Este, por sua vez, levou a uma repressão por parte das autoridades contra os mineiros de Bitcoin, com várias prisões sendo feitas no início deste ano.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment