Luno tem conta bancária suspensa na Malásia

A empresa Britânica de negociação e armazenamento de criptomoedas, Luno, informou que sua conta bancária foi suspensa na Malásia – onde opera sob o nome de Bitx Malaysia.

Publicado em 17 de Janeiro de 2018 por

A empresa Britânica de negociação e armazenamento de criptomoedas, Luno, informou que sua conta bancária foi suspensa na Malásia – onde opera sob o nome de Bitx Malaysia. O motivo dado para tal foi a intenção das autoridades fiscais do país de verificar a empresa sobre uma possível evasão fiscal.Essa notícia foi veiculada pelo Edge Markets.

Vale ressaltar que como consequência desse bloqueio, a empresa não consegue processar depósitos e retiradas já há várias semanas.

“O IRS nos perguntou sobre todos os nossos clientes na Malásia: dados de identificação, depósitos e conclusões, bem como sobre todas as transações. Estamos trabalhando com o IRB para restringir os parâmetros desse pedido. Conforme mencionado em nossa declaração sobre a não divulgação de informações, valorizamos a privacidade de nossos clientes e nos esforçamos para proteger seus dados pessoais. Nós forneceremos esses dados somente nos casos em que isso seja previsto por lei. Estamos trabalhamos com conselheiros locais para garantir que qualquer divulgação de informações seja consistente com nossas obrigações para com os clientes”, afirmou a empresa em comunicado.

Ao mesmo tempo, a Bitx Malaysia pediu aos seus usuários que cumpram a legislação fiscal do país e apresentem – se necessário – declarações de renda.

“O Bitcoin e outras moedas digitais são um novo setor para todos, incluindo reguladores, instituições financeiras, autoridades fiscais e outras agências”, acrescentaram representantes da Bitx Malaysia.

A empresa foi fundada em 2013 como BitX e renomeada em janeiro de 2017. Depois disso, ela se juntou à sandbox regulatória da Autoridade de Supervisão Financeira do Reino Unido. Além da Europa continental, a Luno também opera na Indonésia, Malásia, Nigéria e África do Sul.

Por fim, vale lembrar que em setembro de 2017, a empresa anunciou o recebimento de investimentos de risco no valor de US$9 milhões.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment