Maior porto do mundo pensa em blockchain

Anunciado no início deste mês, o esforço holandês inclui o apoio de várias instituições locais e regionais, incluindo o Porto de Roterdã, o ABN Amro, a Universidade de Delft e a Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada.

Publicado em 30 de novembro de 2016 por

Anunciado no início deste mês, o esforço holandês inclui o apoio de várias instituições locais e regionais, incluindo o Porto de Roterdã, o ABN Amro, a Universidade de Delft e a Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada. Também participam da iniciativa a Royal FloraHolland, uma importante casa de leilões florais, e a Universidade de Ciências Aplicadas de Windesheim, entre outros.

Nos próximos dois anos, os membros do consórcio irão testar os pedidos de partilha de informação logística e contratual entre as partes. De acordo com a Universidade de Delft, o projeto avançará em conjunto com uma iniciativa separada de blockchain promovida pelo Ministério Holandês da Economia. A Delft disse que criaria uma infraestrutura open source para servir de base para testes entre as outras empresas e instituições envolvidas.

Publicidade

Publicidade

A inclusão do Porto de Roterdã, um ponto de embarque importante na Europa e talvez o maior do mundo, é notável. O porto informou que 466 milhões de toneladas de embarques de commodities passaram por ele em 2015.

Os envolvidos não são os únicos a explorar a tecnologia para o uso de logística, e os organizadores do projeto dizem que o trabalho que está sendo feito se concentrará em aplicações e usos do mundo real.

Johan Pouwelse, professor associado da Delft, que atua como gerente de projeto, disse em um comunicado:

Publicidade

Publicidade

“Este projeto envolve mais do que apenas falar sobre possibilidades, nós realmente vamos aplicar a tecnologia.”

Dentre tantos usos possíveis e conjecturas feitas com relação à tecnologia nos últimos meses, é um refresco para os olhos ver algo mais do que apenas uma “arte conceitual”. Esperamos que em breve os frutos desse esforço possam ser colhidos para manter o interesse pelas blockchain aquecido.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment