Maiores universidades da Rússia, começarão a ensinar os conceitos básicos de blockchain e criptomoedas

Estudantes das maiores universidades russas explorarão os conceitos básicos de blockchain e criptomoedas no âmbito do programa existente.

Publicado em 14 de setembro de 2017 por

Estudantes das maiores universidades russas explorarão os conceitos básicos de blockchain e criptomoedas no âmbito do programa existente. Esta informação foi confirmada pela gestão RT.

Assim, de acordo com a publicação, estudantes da Faculdade de Economia da Universidade Estadual de Moscou aprenderão sobre a tecnologia do registro distribuído no contexto de sua aplicação na esfera financeira.

Publicidade

Publicidade

“Imediatamente para vários programas, teremos aulas de mestrado – para isso, convidamos representantes da indústria. Alguém como experiência e conhecimento em blockchain, alguém pro-Bitcoins, ensinará sobre as novas tecnologias”, disse Sergey Studnikov, membro do conselho diretor do programa de mestrado de Análise Financeira da faculdade de econômia da Universidade Estadual de Moscou.

Ao mesmo tempo, a Faculdade de Matemática Computacional e Cibernética da Universidade Estadual de Moscou não planeja “treinamento dedicado” nesta disciplina.

“Preparar especialistas para blockchain não é a ocupação mais necessária, uma vez que a blockchain é apenas uma pequena parte da tecnologia da informação ou da segurança da informação”, explicou o serviço de imprensa da faculdade.

Publicidade

Publicidade

Na Escola Superior de Economia, a tecnologia será considerada no âmbito do curso “Tecnologias Financeiras”.

“Está previsto dedicar algumas palestras de peritos convidados ao tema do estudo da disciplina”, explicou o HSE.

O curso planeja dedicar até duas seções de um novo livro de texto sobre bancos, finanças e mercados financeiros à blockchain e às criptografias. A cobertura do tópico está prevista no quadro já existente.

“Para introduzir um curso separado é preciso uma série de coisas formais. Isso deverá ser coordenado com o Ministério da Educação por um longo tempo”, explicou Denis Gorulev, professor associado da Faculdade de Economia e Finanças de universidade.

O Instituto de Física e Tecnologia de Moscou (MIPT) planeja ensinar aos alunos o componente de TI e tecnologias de blockchain. De acordo com o diretor da Escola Física de Matemática Aplicada e Informática do MIPT, Andrey Raigorodsky, essa direção é muito demandada entre estudantes e empregadores.

“Este ano, temos um par de cursos especiais, que são muitos procurados, porque este tópico é extremamente popular e, nesta conta, são pedidos de parceiros industriais. Por exemplo, o Sberbank está trabalhando conosco agora – eles abriram um novo programa científico, laboratório, no qual pesquisas estão sendo feitas sobre esse assunto “, disse Raigorodsky.

A Universidade Nacional de Pesquisa Tecnológica de MISA vai estudar a tecnologia Blockchain em conjuntos com economistas para criar uma base de um novo centro de treinamento.

“NITU MISIS e Vnesheconombank assinaram um acordo em 2017 para criar um Centro de Competências para novos materiais e tecnologias inovadoras com foco em blockchain. As tarefas do centro incluirão a organização de atividades científicas sobre o desenvolvimento da tecnologia, o desenvolvimento de formação profissional adicional neste campo e a formação de recursos humanos altamente qualificados no âmbito de projetos inovadores “, disseram representantes da universidade.

De acordo com o diretor da recém-criada Associação de criptografia, a demanda por especialistas em blockchain no mercado de trabalho já existe.

“Sem dúvida, a demanda crescerá. Em primeiro lugar, haverá já programadores já existentes. Então, talvez, precisemos de especialistas puramente em contratos inteligentes – na área financeira, logística e assim por diante”, disse ele.

Entre as profissões mais populares nos novos especialistas em ecossistemas, os engenheiros e programadores de blockchains têm uma profunda compreensão da criptografia, bem como advogados que sejam entendidos na tecnologia de contratos inteligentes e tokenização de ativos.

Contudo, como nem tudo são flores, em recente entrevista, o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, chamou a blockchain de “uma assassina de profissões”.

 

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment