Mais de US$500 mil são roubados de Cryptopia devido a ataque de 51% contra AurumCoin

Desenvolvedores da criptomoeda AurumCoin (AU) anunciaram um ataque de 51% em sua rede, como resultado do qual um usuário desconhecido retirou 15.752,26 moedas (US$571 mil no momento da publicação) da corretora Cryptopia.

Publicado em 14 de novembro de 2018 por

Desenvolvedores da criptomoeda AurumCoin (AU) anunciaram um ataque de 51% em sua rede, como resultado do qual um usuário desconhecido retirou 15.752,26 moedas (US$571 mil no momento da publicação) da corretora Cryptopia.

Fundadores da AurumCoin afirmam que não são responsáveis pelo que aconteceu, alegando que o token tem um código aberto e culpando os funcionários da corretora.

“A rede Aurum coin (UA) foi hackeada (ataque de 51%). No total, 15.752,26 AU foram roubados da carteira da Cryptopia. A rede Aurum, assim como a rede do Bitcoin, não tem qualquer responsabilidade, porque é uma criptomoeda distribuída com código aberto. Pior de tudo, a Cryptopia se recusa a admitir isso. Isso não ajuda a solucionar o problema”.

Em um tweet paralelo, a equipe do projeto escreve que não coloca culpa na Cryptopia, mas o fato é que as moedas foram roubadas.

Supõe-se que o hacker enviou cerca de 16 mil UA a uma conta pertencente à Cryptopia e trocou-os por outra criptomoeda. Após a transação, o invasor usou o poder de computação disponível e cancelou a transação.

De acordo com os fundadores do projeto, os tokens AU são garantidos por ouro localizado em cofres secretos ao redor do mundo. Esses mesmos tokens são mineráveis e sua emissão é limitada a 300 mil moedas.

É curioso que, apesar do incidente, o preço da criptomoeda não apenas não tenha caído, mas aumentado nos últimos dias, ignorando o fato de que os volumes de negociação não superam US 4 mil.

Vale notar que no mês passado, o preço do AurumCoin aumentou em 5 vezes: de US$7 para US$36.

Pela mesma época, o preço por onça-troy do ouro variou de US $ 1.200 a US $ 1.240, o que em tese poderia ser uma  das razões para o rápido aumento do preço da AU.

Acrescentamos que os ataques de gasto duplo se tornaram mais frequentes recentemente, e não apenas envolvendo criptomoedas com um pequeno hashrate e pequena capitalização: nos últimos seis meses, por exemplo, moedas como Karbo, ZenCash, Verge e Bitcoin Gold foram vítimas de tais ataques.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment