Mercado Chinês finalmente liberado

Publicado em 1 de junho de 2017 por

Primeiro foi a OKCoin, que anunciou ontem a retomada das retiradas de fundos, depois veio a BTCC e logo em seguida a Huobi. Com isso, as três maiores corretoras de criptomoedas da China voltam a operar plenamente, isso tem alavancado o mercado.

Algumas diferenças

Enquanto a OKCoin anunciou que as retiradas são somente para valores altos, a partir de 10 BTC / 200 LTC / 1000 ETH, a Huobi também retomou a retiras, mas seus limites são inversos a de sua compatriota. Na Huobi, o limite de retirada é de no máximo 50 Bitcoins por dia, como foi anunciado no twitter da @cnLedger:

Um dia antes, @cnLedger informou que a retirada de grandes quantidades  estava disponível na maior bolsa de criptografia do país, a OKCoin:

Com tudo isso, a “luz verde” para retirada de fundos também apareceu na corretora de criptomoedas BTCC:

Publicidade

Como confirmação, @cnLedger publicou uma captura de tela da correspondência com o suporte ao cliente do BTCC:

A retomada da retirada de fundos marcou uma revitalização do mercado chinês de criptomoedas – e o volume de negociação aumentou em mais de 10%:

Atualmente, o preço do Bitcoin na corretora de criptomoedas chinesa, a OKCoin, é de US$ 2.500, significativamente maior do que em outras principais corretoras, incluindo Bitfinex, Bitstamp, etc, que nesse momento vende o Bitcoin a US$ 2.325. Já no Brasil, o preço praticado para a moeda nesse momento é de: R$ 9.860,00.

O mercado de capitalização do Bitcoin hoje é pouco maior que US$ 39,7 Bilhões e sua dominância dentre as criptomoedas está em 45%.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Publicidade

Compartilhe!

Leave a Comment