Mercedes Pay o novo serviço da Daimler AG

Muitas grandes empresas já entraram na dança do Bitcoin e companhia. Dessa vez, é a gigante automotiva Daimler, dona da Mercedes que chega já fazendo barulho. A empresa comprou a Paycash Europe e a renomeou como Mercedes Pay.

Publicado em 18 de janeiro de 2017 por

Muitas grandes empresas já entraram na dança do Bitcoin e companhia. Dessa vez, é a gigante automotiva Daimler, dona da Mercedes que chega já fazendo barulho. A empresa comprou a Paycash Europe e a renomeou como Mercedes Pay.

A PayCash, que também oferece soluções em Bitcoin e criptomoedas, é um transmissor de dinheiro eletrônico licenciado por Luxemburgo. Ele será usado pela Daimler para lançar pagamentos móveis para produtos e serviços da Daimler sob a marca Mercedes Pay.

Publicidade

Publicidade

“O ‘Mercedes Pay’ é um componente fundamental da nossa estratégia de mobilidade e digitalização”, comentou Bodo Uebber, membro do Conselho de Administração da Daimler AG. Ele acrescentou que as opções de pagamento móvel fazem parte de um plano “para tornar os produtos e serviços que oferecemos ainda mais atraentes”.

O PayCash descreve suas atividades como uma “solução final que fornece a plataforma técnica e legal para implementar a moeda virtual na infraestrutura de pagamento existente e permite que os mesmos sejam processados em todas as principais moedas fiduciárias”. A empresa também fornece terminais POS de criptocorrência.

Embora a Daimler não destaque explicitamente as ferramentas de aceitação de criptocorrência do PayCash como parte de sua futura estratégia, essa função é mencionada no comunicado de imprensa.

“O ‘Mercedes Pay’ irá beneficiar principalmente os clientes que, no futuro, só precisarão fornecer seus detalhes de pagamento uma vez, a fim de poder utilizar uma gama de serviços da Daimler. Isto é possível graças à função e-Wallet, uma fonte virtual de pagamento”, acrescentou Klaus Entenmann, Presidente do Conselho de Administração da Daimler Financial Services.

Além das compras na Mercedes.  

Não são apenas ofertas diretas da Mercedes que são ajustadas para cair sob o âmbito de pagamento da Mercedes Pay.

A Daimler tem seus dedos em várias frentes para os consumidores, incluindo o app car2go e de taxi, o mytaxi app. E no futuro, planeja usar o Mercedes Pay como forma de pagamento também para eles.

A Daimler afirmou que “planeja usar o novo sistema de pagamentos para facilitar essas e outras transações de financeiras no futuro”.

Mercado potencial a espera

Até agora tem havido pouco ruído da indústria automotiva em relação ao potencial das criptografias ou mesmo quanto ao uso da Blockchain para efetuar mudanças. No entanto, a tendência de integrar os pagamentos com automóveis está sendo acelerada por nomes de peso, como a Visa, por exemplo.

Além disso, a Bentley anunciou em outubro uma instalação que oferece aos clientes reabastecimento em casa de seus smartphones, enquanto a Cadillac lançou um serviço de “reserva” para uma amostragem mais flexível de seus modelos.

Enquanto a indústria automotiva dá seus primeiros passos em relação a potencial integração criptográfica, vale a pena notar que o potencial já existe em termos de interesse do consumidor.

Do outro lado do Atlântico, nos EUA, o Texas está conduzindo uma maneira em introduzir pagamentos em cripto para o transporte em um nível prático.

Em Austin, especialmente, os serviços de partilha de viagem descentralizados, como a Arcade City e a Cell 411, são os primeiros de um mercado que demonstra um enorme potencial.

Na Europa, entretanto, uma extensa pesquisa já foi publicada detalhando como a tecnologia de criptomoedas e Blockchain poderiam ser usadas para o benefício da indústria automotiva nos próximos anos.

Será que a aquisição da Daimler pavimentará o caminho para a indústria automotiva na integração de pagamentos em criptomoedas?

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment