Messenger Line lança criptomoeda própria

A Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA) anunciou a verificação de 32 corretoras de criptomoedas locais.

Publicado em 2 de setembro de 2018 por

O Line, popular messenger japonês cujo número de usuários excede 200 milhões de pessoas, anunciou o lançamento de sua própria Blockchain pública e criptomoedas, respectivamente Link Chain e Link.

Sabe-se que o primeiro bloco da rede foi criado em 23 de agosto. Serão emitidos 1 bilhão de tokens Link, dos quais 800 milhões serão distribuídos entre usuários e os 200 milhões restantes permanecerão à disposição da companhia.

O messenger não planeja conduzir uma ICO. Ao invés disso, os tokens agirão como um incentivo para usuários envolvidos na criação de aplicativos descentralizados baseados na rede Link Chain. Os primeiros dois aplicativos surgirão em setembro, sendo que ao primeiro trimestre de 2019, esse número será 5 vezes maior.

O token Link será adicionado à sua própria corretora, a Bitbox, em setembro. No futuro, eles serão utilizados para propósitos de pagamento no existente ecossistema Line Messenger.

Note que a corretora Bitbox ainda não adquiriu a licença adequada do regulador japonês, sendo que dessa forma, residentes do país do messenger não podem utilizá-la. No momento, eles podem comprar o chamado Link Point, que será negociável por ativos criptomonetários após o lançamento da corretora no Japão.

Vale ressaltar que a Bitbox foi lançada em 16 de julho em Singapura. Para criar a plataforma, o messenger japonês teve que registrar uma subsidiária denominada LINE Tech Plus PTE. Atualmente, a corretora funciona em 15 diferentes idiomas e está disponível para residentes de todo o mundo – exceto Japão e Estados Unidos.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment