Ministro indiano considera Bitcoin ilegal no Parlamento

Uma das razões pelas quais o governo indiano está classificando o Bitcoin de ilegal é que ele não tem sanção aprovada de qualquer banco central ou autoridade monetária.

Publicado em 29 de março de 2017 por

Um ministro indiano, ao responder a uma pergunta por escrito na Câmara Alta do Parlamento Indiano – A Rajya Sabha – disse que o uso de Bitcoin na Índia não é autorizado pelo Reserve Bank of India (RBI, o Banco Central do país) e usá-lo poderia por as pessoas em dificuldades com o sistema anti-lavagem de dinheiro e presentes leis indiana.

Ministro declara Bitcoin ilegal

O ministro de Estado das Finanças, Arjun Ram Meghwal, apresentou uma resposta por escrito a uma pergunta no Parlamento de acordo com o jornal indiano The Hindu:

Publicidade

Publicidade

“A ausência de contrapartes no uso de moedas virtuais, incluindo Bitcoins, para atividades ilícitas e ilegais em sistemas anônimos/pseudônimos poderia submeter os usuários a violações não intencionais de leis contra a lavagem de capitais e o combate ao financiamento de leis de terrorismo”.

Ausência de sanção pelas autoridades monetárias

Uma das razões pelas quais o governo indiano está classificando o Bitcoin de ilegal é que ele não tem sanção aprovada de qualquer banco central ou autoridade monetária.

O ministro, em sua resposta ao Parlamento, disse ainda, como relatado pela publicação que: “Nenhuma aprovação regulamentar, registro ou autorização declarada foi emitida pelas entidades em causa para o exercício de tais atividades”.

O governo pisa na bola, e reclama?

Deve-se ter em mente que o governo indiano levou a cabo uma desmonetização malograda que aniquilou 86% das moedas indianas em circulação em novembro de 2016. O rescaldo da desmonetização foi desastroso e as pessoas ficaram sem nada para usarem em suas despesas diárias por algumas semanas.

Na esteira deste processo de desmonetização, o interesse no Bitcoin aumentou consideravelmente. De acordo com o India Today, a base de usuários de Bitcoin na Índia aumentou 250% desde novembro de 2016.

A mídia indiana vem criticando o uso do Bitcoin, alegando que o mesmo é usado para lavagem de dinheiro, referindo se a ele como “dinheiro negro” e existem pessoas na Índia que realmente acreditam que o Bitcoin e as criptomoedas oferecem algum tipo de ameaça ao país.

A mídia em todo o mundo perdeu seu sentido de informar, e hoje serve aos interesses do governo. A Índia é só mais um exemplo disso, afinal os governos parecem preferir que sua população morra de fome à usar o Bitcoin. Talvez isso ocorra porque através dele as pessoas descubram uma liberdade que nunca nem chegaram a sonhar que pudesse existir.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment