Monero implementa tecnologia de assinatura múltipla

Na próxima versão do cliente de moeda digital Monero (XMR), será adicionado suporte à assinatura múltipla. A data exata não foi relatada, mas o anúncio da nova função é importante, pois é um atributo técnico bastante relevante a qualquer moeda criptográfica.

Publicado em 18 de dezembro de 2017 por

Na próxima versão do cliente de moeda digital Monero (XMR), será adicionado suporte à assinatura múltipla. A data exata não foi relatada, mas o anúncio da nova função é importante, pois é um atributo técnico bastante relevante a qualquer moeda criptográfica.

É interessante que existam diferenças na implementação de assinaturas múltiplas, por exemplo, no Bitcoin. O formato dos endereços e transações do Monero permanecerá inalterado, o que, até certo ponto, proporciona uma camada ainda maior de privacidade à criptomoeda – que se alto denomina a moeda mais anônima que existe.

Se os endereços de Bitcoin com suporte para assinatura múltipla começam geralmente com “3” e “1”, na Blockchain Monero será impossível distinguir um endereço de outro. Ao mesmo tempo, o novo recurso pode aumentar a atratividade do XMR como moeda aos olhos dos comerciantes na Internet.

Claro que, em primeiro lugar, estamos falando do lado “dark” da rede: o pagamento de bens em XMR é suportado por uma série de principais plataformas de negociações ilegais na dark web, sendo que a moeda criptográfica tornou-se popular entre administradores de tais sites devido ao anonimato das transações em sua rede.

Assim, quando um dos principais mercados do mercado negro da atualidade foi fechado esse ano, as autoridades responsáveis ​​pela aplicação da lei não conseguiram confirmar o montante em XMR pertencente ao administrador do agora extinto AlphaBay. Vale ressaltar que por muito tempo, alguns sites não se atreviam a oferecer suporte ao Monero apenas devido à falta de tecnologia de assinatura múltipla.

Monero implementa tecnologia de assinatura múltipla. BTCSoul.com

A multi-sig, ao transferir fundos, implica a participação de um terceiro para completar a transação: por exemplo, uma loja online que confirma os termos da transação entre o vendedor e o comprador através da ferramenta. Tecnicamente, em tal situação, não só o comprador, mas também a loja, devem assinar a transação com a chave para torná-la completa e para que os fundos sejam transferidos ao vendedor.

Por fim, vale ressaltar que para muitos investidores, tais inovações permanecem no nível de “material técnico” que não é muito claro, sendo que ainda assim, pode-se considerar tais notícias como um fator fundamental para o progresso da criptomoeda. No momento da publicação, o XMR está sendo negociado em torno de US$354.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment