Monero (XMR) disponível agora também na Kraken

A Kraken, uma exchange global de Bitcoin com sede em San Francisco, anunciou o lançamento da negociação em Monero (XMR), que efetivamente permite aos usuários negociar a moeda com Bitcoin, dólares dos EUA e euros.

Publicado em 4 de janeiro de 2017 por

A Kraken, uma exchange global de Bitcoin com sede em San Francisco, anunciou o lançamento da negociação em Monero (XMR), que efetivamente permite aos usuários negociar a moeda com Bitcoin, dólares dos EUA e euros.

Em comunicado, a equipe de desenvolvimento da Kraken expressou seu otimismo em relação ao XMR com base em seu forte desempenho em 2016, atingindo um aumento exponencial da capitalização do mercado e aumento nos volumes de negociação.

Publicidade

Publicidade

A empresa disse:

“O XMR é uma das principais criptoconversões, a moeda teve um enorme crescimento de mercado, cerca de 40% em 2016 e negocia com alto volume e liquidez. O Monero é construído sobre os princípios fundamentais de privacidade, descentralização, desenvolvimento aberto, escalabilidade e fungibilidade.”

O anúncio vem logo antes do fork programado do Monero, com data estimada para 9 ou 10 de janeiro. Durante algumas horas após o fork, os usuários de Monero não poderão fazer depósitos de XMR nas exchanges.

Publicidade

Publicidade

O Monero v0.10.1 “Wolfram Warptangent” é considerado um upgrade vital para o protocolo, pois fornece grandes melhorias no desempenho do RingCT. A tecnologia RingCT, uma invenção da equipe de desenvolvimento do XMR, é uma ferramenta essencial que permite que as transações confidenciais trabalhem com o sistema de assinaturas do Monero. A correlação entre as duas tecnologias acaba por garantir anonimato para as transações dos usuários.

Monero

Monero foi lançado em 2014. Ao contrário de muitas Altcoins, a XMR não é baseada no Bitcoin, mas sim  concebida a partir do zero.

A Altcoin foi criada pelo desenvolvedor pseudônimo “thankful for today”, mas ele foi rapidamente “demitido” pela comunidade, e o projeto foi retirado das mãos dele. Desde então tem sido liderada por uma equipe principal de sete desenvolvedores, incluindo Riccardo “fluffypony” Spagni e Francisco “ArticMine” Cabañas.

Questionado sobre a decisão da Kraken de adicionar XMR, Spagni disse:

“O Monero quer capacitar as pessoas a possuírem e gastar suas riquezas o mais privadamente possível, e assim a adição de mais gateways, como a Kraken, ajudarão os usuários a embarcar e usar uma criptografia que faz o máximo para defender sua privacidade. É muito legal que empresas como a Kraken estejam admitindo a XMR sem a necessidade de um pagamento antecipado, promessas de volume ou mesmo muito na forma de interação de colaboradores Monero.”

Um começo positivo em 2017

A integração da XMR pela Kraken e grandes melhorias na RingCT marcam um início positivo de 2017 para os usuários e investidores da Monero, após um ano de avanços.

A moeda focada na privacidade também ultrapassou o valor da Litecoin e da Ripple, por um curto período de tempo, em US$ 230 milhões no valor de mercado dos EUA, sugerindo a crescente demanda por Monero.

A XMR também é uma das poucas moedas digitais que tem uma base de usuários reais na darknet, em comparação com outros ativos digitais e moedas no mercado que não viram grande sucesso comercial ou obtém progresso em sua base de usuários.

Os usuários da XMR também podem esperar pelo surgimento de maiores facilidades de uso, incluindo a carteira GUI que a equipe Monero está trabalhando. Esta já está disponível via Bitsquare e Shapeshift, e a Jaxx logo estará adicionando XMR ao seu conjunto de carteiras.

“Estamos ansiosos para adicionar suporte para XMR em Jaxx”, disse o CEO e fundador da Jaxx Anthony Di Iorio. “A integração tem sido um desafio devido à natureza única do código da Monero. No entanto, está quase completo e os usuários do Monero terão em breve a opção de gerenciar e enviar seus XMR a partir de vários dispositivos e plataformas”.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment