A Morgan Stanley pega o trem de partida da R3

Pegue você também o trem e escolha a sua startup. :)

Publicado em 24 de novembro de 2016 por

Morgan Stanley poderia ser o mais recente banco a juntar-se às fileiras com Goldman Sachs e Banco Santander para deixar o consórcio blockchain R3, um relatório revelou.

De acordo com o Wall Street Journal, Morgan Stanley não planeja renovar sua associação com o R3 e nem pretende investir na nova rodada de Série A da startup.

Publicidade

Publicidade

A R3 reduziu sua meta de angariação de fundos de US $ 200 milhões para US $ 150 milhões para sua primeira grande rodada de financiamento de capital, ao mesmo tempo que modificava a estrutura do negócio oferecido aos seus bancos membros. Por exemplo, aos bancos será agora oferecida agora uma participação no laboratório de desenvolvimento R3, um teto comum sob o qual seus membros colaboram para explorar, pesquisar e desenvolver soluções de blockchain com a R3.

Como parte da oferta de arrecadação de fundos, a R3 está criando uma nova empresa que entregará seus produtos blockchain a seus membros, que também terão uma participação de 90% na empresa. Os termos presumidos irão também ver a R3 ao leme desta empresa por uma década, juntamente com a sua participação e retornos de implementações de suas soluções blockchain.

Outros que tambem adquiriram seu ticket de passagem

Com a saída do Morgan Stanley, três grandes bancos já estão fora ou devem sair do consórcio R3, o mais conhecido dos esforços colaborativos do setor de serviços financeiros para explorar a tecnologia blockchain. Embora dificilmente faça um êxodo, a fonte do WSJ acrescenta que o Bank of America, o Barclays e o UBS – todos os primeiros membros do R3 do ano passado – não comentaram se planejam investir na R3 para essa participação, apesar deles continuarem a fazer parte do consórcio.

Publicidade

Publicidade

O relatório também revela taxa de adesão da R3 para os seus membros, esta na casa de US $ 250.000 por ano. A avaliação da R3 no verão de 2016, deduzida pelo gigante contábil Ernst & Young, está entre US $ 150 milhões e US $ 200 milhões, representando as taxas de adesão de seus 42 bancos membros na época (esse número está agora perto da marca de 70)

Seus produtos blockchain no futuro.

Por seu lado, R3 disse que as partidas eram esperadas uma vez que o consórcio evolui ao longo do tempo.

Um porta-voz para a startup blockchain disse após a partida do Goldman Sachs:

“Desenvolver tecnologia como esta requer dedicação e recursos significativos e nosso diversificado conjunto de membros têm diferentes capacidades e capacidades que naturalmente mudam ao longo do tempo.”

Pegue você também o trem e escolha a sua startup. 🙂

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment