Needham & Company: ETF Bitcoin pode atrair US$ 300 milhões

Uma nova nota do investidor publicada pelo analista Needham & Company prevê que um fundo negociado em bolsa do Bitcoin (ETF Bitcoin) poderia atrair até US$ 300 milhões em novos ativos na primeira semana.

Publicado em 11 de janeiro de 2017 por

Uma nova nota do investidor publicada pelo analista Needham & Company prevê que um fundo negociado em bolsa do Bitcoin (ETF Bitcoin) poderia atrair até US$ 300 milhões em novos ativos na primeira semana.

Escrevendo sobre o impacto potencial de um ETF no mercado nascente, o analista Spencer Bogart especula que tal aprovação provavelmente terá um efeito “profundamente positivo” sobre o preço do Bitcoin, e que a estimativa de US$ 300 milhões é “conservadora”.

Publicidade

Publicidade

“O resultado de juntar o BTC para tal fundo iria, provavelmente, aumentar significativamente o preço do Bitcoin”, disse Bogart.

Nesse cenário, ele disse que US$ 300 milhões em compras significaria que os participantes autorizados do ETF precisariam da fonte deste volume de bitcoin, enviando os preços para os céus. (O limite de mercado do Bitcoin é de pouco mais de US$ 14,5 bilhões hoje).

A pegadinha, no entanto, é que Bogart não acredita que um dos principais depósitos de bitcoin ETF, o Winklevoss Bitcoin ETF, seja aprovado tão cedo.

Publicidade

Publicidade

Embora se espere que a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA tome uma decisão final sobre o arquivamento até 11 de março, Bogart especula que a “probabilidade de aprovação do ETF é muito baixa”.

Lê-se na nota:

“Tomados em conjunto, pensamos que o efeito positivo que um ETF Bitcoin teria sobre o preço do Bitcoin é muito menosprezado e que a probabilidade de aprovação é drasticamente superestimada dentro da indústria”.

Em última análise, Bogart projeta que o Winklevoss Bitcoin ETF tem menos de 25% de chance de ser aprovado devido a uma “confluência de medo, incerteza e dúvida, juntamente com incentivos básicos na SEC”.

Bogart passa a rotular qualquer aprovação de um evento de “baixa probabilidade” com “um lado positivo muito significativo”.

Na verdade, isso faz parecer que muitos outros investimentos estão com medo da concorrência. De toda forma, com aceitação ou não, o Bitcoin seguirá adiante até que chegará uma hora em que não será mais possível essa negação do mercado americano. Enquanto isso quem perde é o investidor.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment