A NSD desenvolveu um sistema de voto eletrônico

O Depósito de Liquidação Nacional da Federação Russa (NSD) anunciou a conclusão bem-sucedida do sistema de voto eletrônico para as reuniões nas quais sejam necessárias votações, a plataforma foi construída sobre uma blockchain.

Publicado em 25 de maio de 2017 por

O Depósito de Liquidação Nacional da Federação Russa (NSD) anunciou a conclusão bem-sucedida do sistema de voto eletrônico para as reuniões nas quais sejam necessárias votações, a plataforma foi construída sobre uma blockchain. A notícia publicada na revista Forklog

O sistema foi desenvolvido usando a plataforma Fabric da Hyperledger, que também ajudou no desenvolvimento de um sistema que gerasse maior confidencialidade aos participantes. Outra característica do sistema foi a rastreabilidade de eventos devido à tokenização do processo de votação usando criptografia e contratos inteligentes.

Publicidade

Publicidade

“Criar uma variação confidencial da Hyperledger Fabric através da tokenização nos permite oferecer um nível maior na proteção da privacidade matematicamente comprovada que os participantes do mercado precisam. O próximo desafio é escalar esta solução para outros cenários de aplicação em serviços de pós-negociação”, diz a declaração de Alexander Yakovlev, chefe do departamento de sistemas de contabilidade distribuídos do NSD.

O Depósito Nacional de Liquidação da Federação Russa foi fundado em 1996 e oferece aos seus clientes uma vasta gama de serviços, incluindo serviços de liquidação e depósito, registo de transações de balcão (repositório), serviços de informação e gestão de garantias. A NSD realiza todos os cálculos de bolsa e a maioria dos assentamentos over-the-counter, servindo tanto para títulos russos quanto estrangeiros como um depositário central.

O voto por procuração eletrônica é uma forma moderna e avançada para conduzir ações corporativas, nas quais a troca de informações e documentos entre o proprietário de títulos e o emissor é feita eletronicamente.

Publicidade

Publicidade

Na NSD, o sistema de votação por e-proxy foi introduzido pela primeira vez em agosto de 2014 e, em abril de 2015, a tecnologia foi aprimorada e adaptada aos padrões internacionais da ISO.

A conclusão do teste do protótipo do sistema de voto eletrônico para as assembleias de titulares com direitos de voto por procuração eletrônica com base na tecnologia de blockchain da BDNI foi relatada na mídia internacional em abril de 2016.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment