O Bitcoin sobreviveria ao apocalipse?

Todos já vimos filmes sobre apocalipse, com esses filmes em mente um amigo me disse que não sabia o que seria do BTC se isso ocorresse, vamos entender.

Publicado em 30 de janeiro de 2017 por

Apocalipse! Seja pela influencia de filmes, religiões, situação financeira ou seja mais lá o que, nos últimos tempos muitos perguntam como seria a manutenção do Bitcoin em um cenário desses, se ela seria possível, enfim o que aconteceria com o ativo que vem abalando o mundo financeiro.

É bem provável que esta tendência esteja ligada aos caos financeiro que anda imperando pelo mundo por esses dias, e também pelo aumento da tirania governamental em torno de um movimento crescente pela real liberdade financeira.

Publicidade

Publicidade

Muitos acreditam que, se não é um apocalipse total, ao menos um financeiro está em andamento e por isso têm comprado e acumulado o ativo. No entanto muito se perguntam o quão sustentável é a rede do Bitcoin diante de uma crise apocalíptica total.

Bunker, alimentos, metais e… Bitcoins?

O New Yorker publicou recentemente um longo editorial chamado “DOOMSDAY PREP FOR THE SUPER-RICH” detalhando algumas descobertas interessantes sobre os preparativos dos mais caros do mundo.

Claro, os indivíduos estão acumulando os suprimentos habituais de metais preciosos, rações e bunkers únicos em sua construção. Mas um especialista em riqueza, Tim Chang, diretor-executivo de capital de risco, diz que os super-ricos também estocam Bitcoin.

Publicidade

Publicidade

“Há um bando de nós no Vale”, Tim Chang detalhes para o New Yorker. “Nós nos encontramos e temos esses jantares de hackers financeiros e falamos sobre os planos de backup que as pessoas estão fazendo”.

São muitas pessoas estocando Bitcoin e criptomoedas, procurando formas de conseguirem um segundo passaporte se preciso, como ter casas de praia em outros países que serviriam de refugio se necessário.

No momento, muitos indivíduos em todo o mundo estão usando Bitcoin para evitar controles de capital, desvalorização da moeda e mandatos absurdos do governo sobre a riqueza de um cidadão. A criptografia tornou-se conhecida como uma reserva e até mesmo um ‘seguro’ financeiro entre os investidores globais.

No entanto, se houvesse um cenário apocalíptico catastrófico, o Bitcoin ainda seria sustentável? O Bitcoin é uma moeda online e eventos como uma interrupção da rede elétrica podem afetar significativamente a rede.

O Bitcoin sobreviveria a uma crise energética mundial?

O Bitcoin depende da internet, a rede da criptomoeda de mineiros e nós dependemos fortemente da eletricidade. O ativo digital poderia sobreviver muito bem se não houvesse perda da web ou uma crise global de energia elétrica.

No entanto, se esses eventos particulares acontecessem em uma situação apocalíptica, o Bitcoin teria momentos difíceis. Além disso, se a rede elétrica falhar, os cidadãos globais terão mais problemas em suas mãos para se preocuparem com o Bitcoin.

Entretanto, a blockchain ainda poderia sobreviver off-line, e os operadores de nó e mineiros poderiam reiniciar a rede assim que as ligações da internet voltassem. Um usuário do Reddit detalha como a blockchain não entraria em colapso e os Bitcoins circulantes poderiam sobreviver a uma interrupção maciça da rede elétrica.

“Não ter nenhum novo bloco não significa que a blockchain entraria em colapso. Apenas permaneceria estática e não incluiria novas transações, mas as moedas ainda estariam lá.”

Assim como as pessoas reiniciando a rede após uma falha de energia, podem haver outras maneiras da rede sobreviver. Houveram múltiplas teorias da blockchain sendo mantidas atualizadas com uma conexão de rádio de 2400 Hz AM e discussões de redes de malha rudimentar que poderiam manter as transações andando.

Outros conceitos como a transmissão de blockchains através do rádio foram testados no passado e conversas pensadas sobre outras formas de manter a rede em execução. O ponto principal da questão é que a raça humana vai se esforçar ao máximo para restaurar a internet e a rede elétrica o mais breve possível, para com isso restaurar as redes de comunicação mundial. Por tudo isso é bem possível que o Bitcoin sobreviva a um apocalipse estilo juízo final.

A sobrevivência humana não seria suprimida eternamente

O Bitcoin é uma notável inovação e foi lançado ao público durante o colapso financeiro de 2008. Durante estes tempos de coação, os seres humanos sempre descobriram maneiras de vencer os obstáculos do mundo.

O acúmulo de Bitcoins para um cenário de juízo final pode não ser uma má ideia como as pessoas poderiam usar a moeda digital de várias maneiras para a sobrevivência. Naturalmente, existem várias vulnerabilidades para a rede que a comunidade terá que superar. No entanto, como diz o velho ditado, “onde há vontade, há um caminho”, ou como diz o filósofo e narrador da ESPN Brasil, Everaldo Marques: “Enquanto tem bambu, tem flecha”.

Conclusão: diante de tudo isso podemos quase garantir que o Bitcoin, tanto quanto as baratas e escorpiões, está no topo da cadeia quando se trata de sobrevivência.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment