OCDE: 46 países anunciam lançamento de 200 projetos estatais de Blockchain

Hoje vamos dar uma olhada no conceito de um nó, a ideia de descentralização, a segurança e o uso da blockchain.

Publicado em 25 de junho de 2018 por

46 estados já apresentaram mais de 200 projetos de Blockchain. Isto foi afirmado no relatório da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), assim como informa o Kommersant.

De acordo com a OCDE, os cinco principais experimentos populares de Blockchain dos governos estão relacionados a:

— pesquisa (42);
— identidade (25);
— dados pessoais (25);
— desenvolvimento econômico (24);
— serviços financeiros e infraestrutura de mercado (20).

Nenhum dos projetos das autoridades russas entrou na lista da OCDE, apesar de algumas startups de Blockchain já terem sido lançadas – por exemplo, a plataforma “Masterchain” do Banco Central da Rússia, desenvolvida para atender as necessidades do setor financeiro.

Segundo a OCDE, a Blockchain pode ajudar os estados a simplificar a papelada, resistir à manipulação de dados, eliminar erros e aumentar a transparência das operações.

Entre os fatores que limitam o escopo da tecnologia, a organização cita:

— impossibilidade de alterar dados na Blockchain;
— alto consumo de energia;
— baixa velocidade e alto custo das transações no sistema de Blockchain baseado no algoritmo de Proof-of-work.

A OCDE também expressou crença de que a exagerada agitação na sociedade em torno da Blockchain supera as habilidades reais e pragmáticas da tecnologia.

No relatório, a empresa enfatizou que os representantes das estruturas estatais deveriam ter pelo menos conhecimentos básicos nessa área e melhorar suas qualificações. Por exemplo, em Dubai, as autoridades organizaram cursos de gerenciamento de dados para 14 mil funcionários.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment