Ocorreu o lançamento oficial dos tokens DGX, “apoiado pelo ouro”

Após mais de dois anos de desenvolvimento, os primeiros tokens DGX apoiados pelo ouro e desenvolvidos pelo projeto Digix foram lançados na plataforma Ethereum. Assim, a primeira ICO realizada na rede Ethereum concluiu oficialmente o ciclo desde o início do projeto até sua implementação real

Publicado em 30 de Março de 2018 por

Após mais de dois anos de desenvolvimento, os primeiros tokens DGX apoiados pelo ouro e desenvolvidos pelo projeto Digix foram lançados na plataforma Ethereum. Assim, a primeira ICO realizada na rede Ethereum concluiu oficialmente o ciclo desde o início do projeto até sua implementação real, escreve a Trustnodes

Lembramos que em abril de 2016, a equipe da Digix completou com sucesso a primeira campanha descentralizada para a venda pública de tokens baseados na blockchain da Ethereum, coletando 500 000 ETH (US $ 5,5 milhões pela taxa de câmbio da época).

Depois disso, o token de controle DAO DGD foi lançado, que dava aos titulares o direito de receber comissões de transação num ecossistema apoiado pelo ouro, votação em relação à distribuição ou tomada de decisão sobre a necessidade de continuar arrecadamento de recursos, bem como na estratégia geral e direção do desenvolvimento da DAO. Agora, o lançamento do próprio ecossistema ocorreu, dentro do qual 1 token DGX corresponde a um grama de ouro.

Para apoiar o DGX com ouro, um processo complexo é utilizado, durante o qual a blockchain do Ethereum e os contratos inteligentes criados em sua base se conectam ao mundo real. Os próprios tokens DGX podem ser divididos em até 0,001 gramas de ouro e são criados por meio do assim chamado Minter Smart Contract.

A emissão de tokens DGX também prevê a criação de um cartão de ativos (PoA Asset Card). O cartão é carregado na blockchain do Ethereum e contém informações como a hora da criação do cartão, o número de série do lingote de ouro, o recibo de venda e a documentação de auditoria. A presença do cartão de ativos fornece transparência total e verificação, bem como permite ao seu titular trocar tokens DGX por ouro físico.

De acordo com o papel branco da Digix, para apoiar ainda mais o token com ouro, um sistema com a participação de três partes adicionais é usado. Estas partes são a ValueMax Singapore, um fornecedor de ouro listado, Bureau Veritas Inspectorate, que verifica anualmente a quantidade e a qualidade do ouro no armazenamento, e o fornecedor de armazenamento físico, a empresa MalcaAmit.

No momento, de acordo com o contrato inteligente, 1.400 tokens DGX foram liberados.

Vale notar que este é apenas o segundo projeto envolvendo a criação da assim chamada moeda estável (stable coin) dentro da primeira onda de ICOs em 2016. Outro projeto desse tipo foi o MakerDAO com seu token Dai.

Inicialmente, o lançamento da plataforma da Digix foi anunciado em janeiro de 2016.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment