Opinião: mineração causará desastre ambiental

A empresa China State Power Grid e a China Southern Power Grid, registraram um roubo de eletricidade na cidade de Fengshun, província de Guangdong. De acordo com o site Bitcoin.com, cabos de alta voltagem estavam ilegalmente conectados ao sótão de uma das casas, onde ficava a fazenda de mineração.

Publicado em 9 de agosto de 2018 por

Jon Truby, professor da Universidade do Catar, publicou um estudo intitulado “Descarbonização do Bitcoin: soluções legais e políticas para reduzir o consumo de energia de tecnologias de Blockchain e moedas digitais”, que descreve os danos causados ao meio ambiente ​​pela indústria criptográfica e Blockchain.

Em particular, ele observa que, devido à limitada emissão de Bitcoins a cada ano, o custo de sua mineração está aumentando, o que, por sua vez, requer mais equipamentos que consomem “uma enorme quantidade de eletricidade”.

Truby acredita que há um futuro para as criptomoedas, e portanto, a humanidade deveria projetar esses modelos de mineração, para que não haja consumo de eletricidade e emissões de dióxido de carbono na atmosfera.

“Muitos desenvolvedores não levam em conta o impacto de seus projetos no meio ambiente, por isso devemos incentivá-los a adotar protocolos de consenso que não levem a muitas emissões de carbono. Se não fizermos nada, os desenvolvedores seguirão o mesmo caminho, um que é perigoso para o meio ambiente. É preciso dissociar os custos ambientais associados a isso, enquanto continuamos a encorajar o avanço dessa importante tecnologia”, enfatizou o estudo.

Para remediar a situação, o professor propõe impor restrições à compra e importação de equipamentos de mineração, bem como a criação de condições comerciais favoráveis ​​e introdução de uma compensação financeira para os desenvolvedores de equipaentos “ecológicos”.

Ele também propôs a introdução de tributação para operações com criptomoedas, cujo montante dependerá da quantidade de energia consumida nas transações.

Segundo Jon Truby, o mundo precisa se unir e começar a procurar soluções para esse problema agora.

Vale ressaltar que anteriormente relatamos que de acordo com um estudo realizado por analistas da holding suíça Credit Suisse, apesar do consumo ativo de eletricidade, o crescimento da indústria de mineração Bitcoin não provocará uma catástrofe ambiental.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment