Opinião: preço do Bitcoin já saiu do fundo

A correção do Bitcoin em 2018 não repetirá cenário de quatro anos atrás devido a significativas mudanças na estrutura do mercado. Esta suposição foi feita pelo analista e investidor de criptomoedas Willie Wu

Publicado em 22 de novembro de 2018 por

Nos próximos dias, pode se desenvolver uma recuperação corretiva do preço do Bitcoin, pois a moeda aparentemente já tocou no fundo, que está perto da marca de US$4 mil. Essa opinião foi expressa por Omkar Godbole, analista da CoinDesk.

No dia 20 de novembro, o BTC atingiu uma baixa de 14 meses em US$4.048 (Bitstamp), e atualmente está sendo negociado por pouco mais de US$4,5 mil. Em geral, ao longo do dia de ontem, o BTC cresceu em cerca de 2% e, em termos absolutos, o preço reganhou US$500.

Dados fornecido por: CoinMarketCap

O índice de força relativa (RSI) também indica a saída de sobrevenda profunda. A última vez que esses valores baixos foram observados no gráfico de três dias foi em janeiro de 2015.

No entanto, os valores do RSI estão aumentando gradualmente e, muito provavelmente, superarão em breve a marca de 30. Portanto, é improvável que haja um novo teste da marca de US$4.048 no futuro próximo. Ao mesmo tempo, é possível que o movimento de correção ascendente aumente gradualmente sua velocidade.

Gráfico de três dias

No gráfico, é possível observar que, em janeiro de 2015, o preço atingiu o fundo em meio à saída do RSI da sobrevenda. Depois disso, a confiante recuperação do Bitcoin começou, e em meados do mês, o preço chegou a US$300.

A situação atual é muito parecida: o RSI também está localizado em marcas abaixo de 30. Assim, com a saída do índice de força relativa da zona de sobrevenda, é possível que ocorra um avanço para marcas acima do nível psicológico de US$5 mil.

 Gráfico de quatro horas e gráfico diário

As divergências de alta do RSI em prazos mais baixos indicam que os ursos ficaram exaustos perto da marca de US$4 mil, bem como que existe uma alta probabilidade de haja uma confiante recuperação no preço.

Gráfico diário

No gráfico diário, pode-se ver que as médias móveis exponenciais (EMA) com períodos de 5 e 10 estão voltadas para baixo – esta circunstância pode impedir um pouco o movimento ascendente corretivo.

Por outro lado, se o rali corretivo se intensificar e a marca de US$5.242, através da qual passa a EMA 10, ficar para trás, então será possível falar sobre uma mudança radical no sentimento do mercado.

No entanto, o colapso continuará se o preço do BTC fechar abaixo da EMA de 200 semanas em US$4.182. Nesse caso, o próximo nível de suporte será de US$4 mil.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment