Parity Singer representa alternativa a carteiras de hardware

Desenvolvedores da Parity Technologies introduziram a versão beta do aplicativo Parity Singer 2.0, que permite armazenar e assinar transações criptomonetárias usando uma chave privada no modo off-line.

Publicado em 15 de outubro de 2018 por

Desenvolvedores da Parity Technologies introduziram a versão beta do aplicativo Parity Singer 2.0, que permite armazenar e assinar transações criptomonetárias usando uma chave privada no modo off-line.

A versão atualizada do Parity Singer conta com uma interface aprimorada que permite que o usuário use um telefone antigo como carteira de hardware.

“O Parity Signer foi projetado para funcionar em dispositivos que, após fazer o download do aplicativo, não se conectam à Internet”, diz a mensagem.

O aplicativo suporta várias redes: Ethereum, Ethereum Classic, Ropsten e Koval. O mecanismo de segurança embutido impede que os usuários assinem transações para outras redes.

O aplicativo também notifica os usuários quando seu dispositivo está online. Com a ajuda do código QR, o Parity Signer 2.0 também pode ser sincronizado com a carteira MyCrypto.

A equipe da Parity Technologies não recomenda armazenar grandes quantidades no dispositivo, uma vez que a nova versão é experimental.

Lembramos que em setembro, desenvolvedores da MyEtherWallet apresentaram a versão final do aplicativo móvel MEW Connect.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment