PayPal investe US$ 48 milhões em FinTech coreana

A empresa Sul-coreana de Fintech, Viva Republic teve sua serie C de investimentos com 55 bilhões de Wons (US$ 48 milhões) em financiamentos, que contou com a participação de nomes de peso como PayPal .

Publicado em 15 de março de 2017 por

A empresa Sul-coreana de Fintech, Viva Republic teve sua serie C de investimentos com 55 bilhões de Wons (US$ 48 milhões) em financiamentos, que contou com a participação de nomes de peso como PayPal .

A Viva Republic é a desenvolvedora do OPF Toss, a agora popular aplicação peer-to-peer de pagamentos que foi lançada em Fevereiro de 2015. Tendo lançado um aplicativo transferências P2P,a Toss, desde então, incluiu outros recursos, entre eles o financiamento e monitoramento de crédito para um modelo mais arredondado, aplicativo financeiro de serviços.

Publicidade

Publicidade

A Toss tem feito progressos significativos num mercado sul-coreano de pagamentos que foi descrito como “arcaico” pelo diretor executivo da SeungGun (SG), Lee. A Toss tem agora uma parceria com 18 de 19 grandes bancos da Coreia, concedendo-lhe acesso direto a 98% dos clientes e bancários da Coreia, tornando-se o app líder de pagamentos do país.

Lee, que já foi dentista, disse que se via frustrado com os sistemas de web e mobile banking na Coreia, com isso em mente ele então começou a criar o sistema de app de seus sonhos, com uma interface fácil, simples e direta de serviços bancários pessoais.

Culpar os “mais estritos regulamentos e um sistema bancário tradicional” pela experiência do usuário ineficiente em aplicações financeiras, apesar da postura tradicional a tecnologia de ponta da Coréia, Lee acrescentou em um comunicado:

“Antes da Toss, os usuários precisavam de cinco senhas e cerca de 37 cliques para transferir US$ 10. Com a Toss, os usuários precisam apenas de uma senha e três passos para transferir até 500.000 Wons (aprox. US$ 430). O processo é rápido e simples”.

A Viva Republic afirma que desde o seu lançamento público há dois anos, a Toss acumulou 6 milhões de usuários e processou mais de US$ 3 bilhões em transferências de dinheiro. Notavelmente, a Toss cresceu 13 vezes nos últimos 12 meses.

A Equipe da Viva Republic

Em mais recente rodada da Série C, novas empresas aderiram à ideia, e isso inclui o PayPal e algumas empresas do Vale do Silício, como a Goodwater Capital e Bessemer Venture Partners. A Viva Republic já levantou mais de US$ 77 milhões em financiamento total desde a sua fundação em 2013.

Os esforços da Viva Republic para atrair apoiadores fora das fronteiras da Coreia é parte de um esforço mais amplo da empresa para se expandir além dos limites da Coreia.

Falando da participação da PayPal especificamente, Lee acrescentou:

Eles são o número um em pagamentos on-line a nível mundial. A sua participação mostra que eles reconhecem o nosso potencial. Com sua ajuda, podemos avançar para o próximo nível, globalmente e em alta velocidade.

“Nós fizemos muito bem atrair a geração do milênio”, acrescentou Lee, em declarações à imprensa. “Nossos serviços agora estarão voltados para o desenvolvimento que irá ajudar o público mais velho, por exemplo, uma gama de serviços de gestão financeira.” O financiamento será utilizado para expandir seus serviços no mercado coreano, Lee confirmou.

Disruption FinTech

Com a banda larga mais rápida do mundo para o consumidor, a Coréia do Sul também é o lar da maior adoção de smartphones, algo em torno de 88% da população total possuindo ao menos um dispositivo. Com uma sólida infraestrutura tecnológica, demanda de um povo sedento por tecnologia, várias indústrias, incluindo as de serviços financeiros, não é de se admirar que os investidores estão notando o país asiático.

A plataforma Sul-coreana de mensagens, a  Kakao Corp ganhou um investimento de US$ 200 milhões em sua subsidiária de pagamento móvel a partir da China’s Ant Financial, a mais valiosa empresa FinTech do mundo.

“A Coreia do Sul é um mercado importante para Ant Financial em sua expansão global, e nós vemos muitas oportunidades no mercado de serviços de inovação e crescimento em pagamentos móveis”, afirmou Douglas Feagin, presidente da Ant Financial International, segundo maior negocio de FinTech do mês passado.

Lee não se preocupa muito com a concorrência, a Kakao Pay, que tem mais de 14 milhões de membros na Coreia do Sul. Ao contrário da Toss, a Kakao está se preparando para pagamentos móveis, em vez de transferências de dinheiro móveis, de acordo com Lee.

Ele afirmou ainda em uma entrevista:

“A KakaoPay é essencialmente um jogo B2B (Business to business), com foco no credenciamento de estabelecimentos. Essa estratégia requer um orçamento de marketing grande que não deixa muito em termos de margens. A Toss é uma oferta B2C (Business-to-consumer), com foco em fornecer uma gama de serviços financeiros aos seus usuários”.

A Toss tem agora parceria com 18 de 19 grandes bancos da Coreia, concedendo-lhe acesso direto a 98% dos clientes bancários da Coreia.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment