Pesquisa: 72% dos investidores planejam aumentar seus portfólios de criptomoedas

Publicado em 11 de setembro de 2018 por

A maioria dos investidores credenciados e aproximadamente três quartos dos investidores de varejo estão planejando aumentar suas economias em criptomoedas nos próximos 12 meses. Isso foi afirmado na pesquisa publicada pela SharesPost, uma plataforma de negociação.

A maioria dos entrevistados, incluindo 2.490 investidores de varejo e 528 investidores credenciados, não perde a confiança no significativo potencial de crescimento da nova classe de ativos. Muitos participantes da pesquisa, no entanto, acreditam que a adoção de criptomoedas em escala global pode demorar um pouco mais do que o anteriormente esperado.

Os entrevistados de ambos os grupos estão confiantes de que os ativos criptomonetários se tornarão realmente populares até 2025. Vale notar que em uma pesquisa de janeiro, quando o Bitcoin e muitas outras criptomoedas estavam sendo negociadas perto de suas altas históricas, esses mesmos participantes da pesquisa estavam confiantes de que um alto grau de aceitação global seria alcançado em 2020.

Pesquisa: 72% dos investidores planejam aumentar seus portfólios de criptomoedas. BTCSoul.com

72% dos investidores planejam aumentar seus portfólios de ativos criptomonetários em breve.

Investidores de varejo estão mais confiantes no crescimento do Bitcoin:

Pesquisa: 72% dos investidores planejam aumentar seus portfólios de criptomoedas. BTCSoul.com

Acontece também que os investidores de varejo são mais otimistas que os credenciados: apenas 59% dos grandes investidores estão prontos para comprar mais criptomoedas ainda neste ano. Entre os investidores de varejo, 72% dos entrevistados pretendem fazê-lo. Além disso, 66% deles estão confiantes no crescimento das criptomoedas no curto prazo.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment