Poloniex justifica fragilidade diante de ataques DDoS

Após acusações de manipulação comercial, uma das principais plataformas de negociação de moeda digital do mundo saiu de sua ostra para compartilhar as principais questões por trás de sua recente lentidão, anteriormente atribuída a um ataque DDoS, em que vários de seus usuários alegaram perder dinheiro.

Publicado em 17 de maio de 2017 por

Após acusações de manipulação comercial, uma das principais plataformas de negociação de moeda digital do mundo saiu de sua ostra para compartilhar as principais questões por trás de sua recente lentidão, anteriormente atribuída a um ataque DDoS, em que vários de seus usuários alegaram perder dinheiro.

Acusações

O escritório de advocacia Berns Weiss LLP intensificou seus trabalhos para analisar as alegações dos ataques em nome dos usuários das corretoras Kraken e Poloniex, que podem ter perdido algum dinheiro alegadamente como resultado da manipulação e insider trading. A empresa procurará confirmar dúvidas dos usuários que se sentiram manipulados, bem como determinar se as bolsas ou indivíduos associados com a elas infringiram a lei de qualquer forma.

Publicidade

Publicidade

Em sua defesa

A Poloniex alega que tem estado sobrecarregada. Como todos sabem, o mercado de criptomoedas mais que dobrou em volume de arrecadação e, com esse aumento o volume de negociação nas corretoras de criptomoedas também aumentou, a Poloniex informa que seu volume de negócios aumentou em mais de 600% nos últimos quatro meses, e essa sobrecarga de negociação tem deixado os servidores da empresa mais desprotegidos.

“Nós nunca vimos tal entusiasmo para negociar ativos de Blockchain como temos visto nos últimos meses”, diz a publicação da corretora. “Desde janeiro, vimos um aumento de mais de 600% de comerciantes ativos online e regularmente processamos 640% a mais em volume de transações do que fazíamos há apenas quatro meses”.

Com base no nível sem precedentes de negociação, a plataforma acrescenta que seus usuários, especialmente os novatos, precisam levar alguns fatores sobre o comércio de ativos de blockchain em consideração. O primeiro, é o fato de que as bolsas geralmente enfrentam ameaças operacionais que podem perturbar a experiência dos usuários.

Publicidade

Publicidade

“Estas intrusões vêm na forma de ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) que visam servidores de corretoras com diferentes níveis de sofisticação, tentativa de lavagem  de dinheiro ou financiamento de atividades terroristas, roubo de fundos de usuários e outras ameaças de cibersegurança que se tornam mais criativas a cada tentativa”, disse a empresa.

“Além disso, ameaças maliciosas a uma exchange global, como a Poloniex, podem ocorrer a qualquer hora do dia, em qualquer dia do ano e de qualquer lugar do planeta. No caso do Poloniex, estas ameaças estão presentes todos os dias, muitas vezes com múltiplos, implacáveis ataques DDoS dirigidos a vários endpoints simultaneamente “.

Enquanto o mercado global de criptomoedas pega fogo, as exchanges centralizadas sofrem. Quando será que vamos parar de apenas “endeusar” a Blockchain e colocá-la na prática para facilitar nosso dia a dia?

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment