Por que Dash, Ethereum e Monero continuarão a fortalecer o Bitcoin

Análise dos preços das Altcoins: atenção ao Ethereum e Ripple

Publicado em 17 de março de 2017 por

Dificilmente existe uma maneira do preço do Bitcoin não manter sua estabilidade ou continuar em uma tendência de subida com os preços de várias principais moedas digitais alternativas começando a refletir os ganhos de suas respectivas redes, conforme elas se estabelecem nas áreas escolhidas de utilidade.

Um rápido olhar no Dash, Ethereum, Monero e talvez Augur, pode-se ver que elas têm realizado com os seus preços nos últimos dias, mostrando que, apesar da atenção que se voltou para essas Altcoins, a posição Bitcoin não parece ter sido afetada. Em vez disso, mantém uma forte compreensão do mercado e continua com o seu movimento em torno da faixa dos US$ 1200.

Publicidade

Publicidade

Os altos preços das Altcoins não poderiam passar despercebidos por investidores sérios que podem estar exibindo uma visão prática sobre o que o futuro poderia ter para o setor financeiro – ou como as criptomoedas poderiam ajudar a simplificar a coordenação do setor no tempo.

Uma nova economia

A influência que o Bitcoin exerce sobre outras moedas alternativas – provavelmente por sua vantagem de adoção antecipada ou por outras razões técnicas que eu não sou qualificada ou capaz de explicar agora – é suficiente para sustentar seu papel de espinha dorsal no futuro distante, mesmo quando sua oferta ficar menor, enquanto a consciência de seu uso se espalha mais. Das Filipinas para, digamos, a Índia e de volta à Rússia e México, a luta para colocar as mãos sobre uma fração de Bitcoin continua.

No entanto, a intensificação da disputa por mais Bitcoins, considerando o preço crescente da aquisição de uma moeda cheia, é, em certo sentido, um fator importante que leva muitos a olhar para a nova economia que a totalidade das criptocorrências está criando.

Muitos estão agora avançando para as Altcoins em vez de um Bitcoin completo para ser uma parte da nova economia que está desprovida de qualquer forma de restrições e dependência do status quo, mas sim flutuando em um novo mundo que tem pouco a ver com os arranjos financeiros que são conhecidos há anos.

Perspectiva futura

Ainda olhando para longe dos mercados tradicionais como os EUA, Europa e China, que ainda são os maiores, mas apenas começaram sua participação recentemente, varias nações de países ate então desconhecidos no mundo das criptomoedas estão caindo de cabeça nesse novo movimento, que de certa forma pode ser visto como um movimento de liberdade. Esse é o caso da Nigéria por exemplo.

No entanto, não é sobre o dinheiro ou a falta de apetite ao risco de investir uma enorme quantidade na moeda digital, porque o país poderia gabar-se de alguns dos donos de empresas mais astutos que o continente africano produziu. Ele também tem uma enorme população jovem que está disposta e pronta para assumir o mundo em vários níveis. Em vez disso, o que vem mantendo esse imenso potencial em estado de inercia é a lacuna ou falta de uma boa compreensão do Bitcoin e do que ele poderia fazer.

O mesmo se aplica a pessoas em Gana, Quênia, África do Sul ou mesmo Ruanda, onde pessoas com tecnologia avançada estão sendo desenvolvidas a um ritmo mais rápido na África. Dito de outra forma, uma fração de pessoas em uma ou uma combinação de dois ou três desses países têm o que é preciso para conseguir o que está sendo sugerido aos nigerianos em termos de aquisição de Bitcoin, mas por um fator de impedimento semelhante.

O que esperar

Enfrentar esse fator-chave fará o nível de adoção do Bitcoin saltar drasticamente entre a população da Internet, especialmente em países em desenvolvimento como os da África e da América do Sul. Isso também pode levar à postulação de que o Bitcoin pode não necessariamente depende dos novos casos de uso em breve, para ser mais forte ou mais caro.

Como seu alto preço e nível de risco fizeram-no crescer para fora do escopo das moedas favoritas para comerciantes, não há nenhum novo caso de uso para o Bitcoin de amanhã, e isso não mostrará que a moeda digital mais popular do mundo não pode escrever seu nome na historia, isso nunca será irrelevante.

Tudo o que precisa é a resolução de questões fundamentais, como sua escalabilidade, e todo o resto se assentará sem ser preciso um ETF ou qualquer outra aprovação governamental.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment