Porque as novas placas da Nvidia podem substituir os equipamentos ASIC na indústria de mineração

A fabricante Nvidia, de placas de vídeo, está se preparando para lançar uma solução especial para mineração – o acelerador Inno3D P102-100, análogo à GeForce GTX 1080 Ti.

Publicado em 27 de setembro de 2018 por

Recentemente, a Nvidia suspendeu a restrição sobre revisões da nova série de placas de vídeo RTX 20. Andrey Kurchenko, fundador da pool Uleypool.ru, falou sobre as características do desempenho dos modelos e como eles afetam a mineração de criptomoedas.  

As novas placas de vídeo da Nvidia (RTX 2070, 2080 e 2080Ti) tornaram-se objeto de graves disputas desde o anúncio do seu lançamento. Apesar das impressionantes características, tecnologia de rastreamento de raios e supersampling, o desempenho de novas placas em testes reais estava longe de ser grande. Adicionalmente, o preço é várias centenas de dólares maior que o das placas dos modelos anteriores. Esta tese é válida apenas do ponto de vista da indústria de jogos, já que para os mineradores, as novas placas podem ser muito interessantes, acredita Andrei Kurchenko.

De acordo com dados preliminares, a versão top da RTX 2080 Ti será seis vezes mais poderosa que a geração anterior de placas de vídeo. Já uma RTX 2070 com overclock será capaz de fornecer até 85 MH/s. Para comparação: a RX Vega 56 Block Chain Drv fornece apenas 36,5 MH/s.

Além disso, de acordo com o fundador da Uleypool.ru, a nova linha de placas de vídeo questiona a lucratividade do equipamento ASIC: os dispositivos da Bitmain para mineração de Ethereum, por exemplo, podem ser acelerados para 190 MH/s e custam US$1,26 mil por unidade. A RTX 2080 Ti, por outro lado, custará US$1,2 mil, e o modelo mais simples, a RTX 2080, poderá ser comprado por apenas US$800.

Como aponta Kurchenko, em termos de preços, o mercado de placas de vídeo está voltando ao normal depois de um aumento que durou um ano, de modo que as placas top da série RTX 20 podem ser uma aquisição muito atraente para os mineradores. Primeiro, as novas placas de vídeo definirão um padrão completamente diferente e mais alto de hash no segmento de mineradoras de GPU. Segundo: com o tempo, placas de vídeo podem ser facilmente revendidas para jogadores, o que não pode ser dito sobre dispositivos ASIC.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment