Nós temos um grande número de entrevistas frescas com os ganhadores da loteria no Telegram. Pessoas que ganharam uma viagem à Ásia e foram a Laos  ver as plantações do Bananacoin com seus próprios olhos.

Nós temos um grande número de entrevistas frescas com os ganhadores da loteria no Telegram. Pessoas que ganharam uma viagem à Ásia e foram a Laos  ver as plantações do Bananacoin com seus próprios olhos.

Oleg tem vivido no Vietnã por mais de 10 anos e está agora investindo em bens imobiliários e exportando frutas do Vietnã para a Rússia também.

“Por que eu decidi investir? O nome realmente se destaca e as plantações são muito impressionantes. Eu não poderia estar mais feliz com meu investimento!”

 – Alexander Hallurin, Ecaterimburgo.

Alexander veio de Ecaterimburgo. Empreendedor e entusiasta, dono de uma agência de segurança profissional, Alexander está se envolvendo com todos os tipos de novos projetos, começando por Impressoras 3D e indo até mineração e investimentos em projetos de criptos.

*Não se esqueça de ligar as legendas no seu idioma

A propósito, você pode conversar com nossos ganhadores no nosso Chat Telegram russo.

Resumo do Bananacoin

Vale ressaltar que a situação econômica geral em Laos está melhorando. A China assinou créditos 4 M para uma rodovia de alta velocidade que conectará Singapura, Laos e a China e acelerará o desenvolvimento da região. Saiba mais.

Hoje está chovendo boas notícias. O Bananacoin não está planejando parar em suas conquistas. No país, a companhia está constantemente trabalhando na melhora de sua performance. Nós convidamos agrônomos líderes e inovadores para avaliar amostras de solo e água. Baseados nos estudos conduzidos, cientistas têm preparado uma previsão de como aumentar a colheita em até 3 vezes por ano enquanto conservando completamente o componente ecológico. Um fertilizante ecofriendly super efetivo foi desenvolvido e planeja-se colocá-lo em prática no futuro próximo.

E como um bônus, nós temos mais uma entrevista pra você. Dessa vez, com um representante da criptocomunidade japonesa, que está realmente curiosa sobre o desenvolvimento do Bananacoin.

O Sr. Takeuchi é um mistério. Ele estava muito tímido em frente às câmeras e nos pediu para não mostrar seu rosto. Nós respeitamos isso.

Àqueles que não falam japonês, aqui está a tradução:

“Primeiro, eu tinha dúvidas sobre a realidade do projeto. Eu não estava certo de que as plantações eram reais. Mas eu visitei e as vi com meus próprios olhos. Elas são tão reais quanto possível. Até agora, definitivamente é um bom investimento.

Além de tudo, o projeto é lucrativo não apenas pela equipe e investidores. Locais recebem sua parcela justa também, o que é bom para o desenvolvimento do país e importante para mim, pessoalmente.”

Um indicador mais real de trabalho orientado a resultados é o sistema de irrigação e eletricidade que foram conduzidos nas plantações Bananacoin. Nós pavimentamos 12km de estradas e conduzimos eletricidade às plantações e à vila local. Nós construímos um reservatório  central para coletar e assentar a água, que então passa pelos nove irrigadores das plantas; em determinadas horas, o sistema de aspersão começa a tornar nossas bananas as mais deliciosas e suculentas.

Também, pouco a pouco cultivamos e florescemos mangas. Elas crescem por um longo período, mas o resultado vale o tempo. Talvez a equipe possa considerar Mangocoins?!

E mais uma super notícia! Quando alcançarmos o soft cap de 2.5 M, nós seremos capazes de pagar dividendos em 6 meses, não 18 como planejado através da compra de uma plantação pronta, não um cultivo de selva.

Vale lembrar que a venda fechada do Bananacoin está prestes a acabar. Em 29 de novembro, nós anunciaremos o começo de nossa TGE.

Apresse-se, não perca a chance. Invista nos tokens da primeira Blockchain orientada por uma ecoplantação de bananas em Laos. Nós cultivamos bananas dedo-de-moça em nossa plantação de Laos, exportando-as para a China, onde a demanda atualmente excede a oferta. Essa semana apenas. Apenas até 29 de novembro. Consiga 15% off.

Redes sociais:

Tem alguma pergunta?

Aprenda mais sobre o nosso projeto.