A Steemit, popular rede social baseada em Blockchain, sofreu uma reorganização estrutural, como resultado da qual 70% de seus funcionários foram demitidos. Ned Scott, CEO e fundador do projeto escreveu sobre isso em seu blog.

Segundo ele, o motivo dessa decisão foi “a fraqueza do mercado de criptomoedas e a queda na rentabilidade em fiat das vendas automatizadas do STEEM”.

Para reduzir o custo de manutenção de nós completos, a equipe restante do projeto planeja substituir os plug-ins steemd, avaliar as possibilidades de usar soluções AWS e DevOps e também reduzir os nós e Blockchains.

“Precisamos assumir o controle dos custos e garantir a sustentabilidade econômica. Acima de tudo, quero que steemit.com sobreviva e continue a funcionar, seguindo com nossa missão de criar grandes comunidades”, acrescentou Ned Scott.

Nas próximas semanas, a Steemit deverá apresentar ao público “um grande número de novos ativos”, o que, segundo Scott, terá um impacto positivo não apenas nas perspectivas da plataforma, mas também do mercado criptomonetário em geral.

O popular comentarista do Twitter WhalePanda chamou a situação atual de “efeito Dan Larimer”, referindo-se a um dos fundadores da Steemit e que atualmente ocupa o cargo de diretor da startup Block.one, baseada na Blockchain do EOS.