Rede do Bitcoin Cash foi atacada no fim de semana

No fim de semana passado, a rede do Bitcoin Cash foi vitima de um ataque, durante o qual invasores desconhecidos aproveitaram a vulnerabilidade da plasticidade das transações. Isto foi anunciado pelo grupo de mineração chinês ViaBTC.

Publicado em 7 de agosto de 2017 por

No fim de semana passado, a rede do Bitcoin Cash foi vitima de um ataque, durante o qual invasores desconhecidos aproveitaram a vulnerabilidade da plasticidade das transações. Isto foi anunciado pelo grupo de mineração chinês ViaBTC.

A plasticidade das transações é causada por um truque criptográfico, que altera a assinatura da transação, mas sem alterar o significado dessa assinatura. Isso pode ser feito mesmo sem a chave privada usada para criar a assinatura original.

Publicidade

Publicidade

No caso da moeda criptográfica, isso significa que qualquer pessoa pode tomar qualquer transação da rede p2p e substituir a assinatura original por uma equivalente, e ainda assim a mesma permanecerá válida.

Esta nova assinatura ainda refletirá os mesmos dados originalmente assinados e ainda poderá passar a verificação com a chave pública original. O resultado da transação não mudará nesse caso, mas, como tudo vai parecer diferente, ele mudará completamente o identificador de transação, o txID.

A plasticidade das transações leva a dois problemas principais. Primeiro, interfere com a operação do software, que usa o txID para verificar as transações confirmadas. Mas, o que é mais importante, é que a plasticidade das transações limita o potencial de uso prolongado do Bitcoin construído em transações não confirmadas usando o txID, como por exemplo, a rede Lightning.

De acordo com a ViaBTC, esse ataque foi implementado na rede do Bitcoin Cash, o que fez com que muitas corretoras suspendesse temporariamente a retirada de fundos.

Entretanto, o suposto ataque não causou grandes danos, a julgar pelo fato de que depois de algum tempo a ViaBTC voltou à operar normalmente. No entanto, esses não são os únicos problemas que o Bitcoin Cash enfrenta em sua primeira semana de existência.

A criação de novos blocos da nova moeda criptográfica neste estágio inicial de sua existência ainda é muito mais lenta do que na rede original. E, embora a complexidade do Bitcoin Cash tenha diminuído ligeiramente, nas últimas 24 horas, ela produziu apenas 81 blocos contra 146 na rede do Bitcoin tradicional. E, tendo em conta o preço visivelmente reduzido, isso também afeta negativamente a rentabilidade da mineração.

Rede do Bitcoin Cash foi atacada no fim de semana. BTCSoul.com

Dados: forkprofit.today

Nos últimos dias, duas novas pools de mineração juntaram-se à mineração de Bitcoin Cash – BitcoinClub e SuprNova. No entanto, a última não apenas enviou capacidades extremamente pequenas, mas também acompanhou seu primeiro bloco de produção com uma intrigante mensagem Coinbase:

Além disso, como pode ser visto no gráfico abaixo, mais de 80% do hash da rede do Bitcoin Cash está nas mãos de um grupo “desconhecido”.

Rede do Bitcoin Cash foi atacada no fim de semana. BTCSoul.com

Ao mesmo tempo, como é citado no Bitcoin.com, esse hash não está de modo algum conectado ao já mencionado MC Pool de Hong Kong, o que faz com que a publicação assuma que é esse grupo desconhecido que pode estar envolvido em outro problema de rede.

De acordo com uma série de declarações, o problema observado é que um determinado mineiro de ação maliciosa evita deliberadamente uma maior redução da complexidade.

“Existe um padrão em que alguém, com um grande hash, extrai dois blocos em intervalos de vários minutos cada vez que ocorre um recálculo de complexidade”, escreveu um dos usuários do Reddit.

Outro usuário, nos comentários, confirma que ele também assistiu essa imagem nos momentos em que os mineiros “honestos” desaceleraram o trabalho ou fizeram uma pausa por 12 horas para que fosse possível diminuir a complexidade.

Eu estava acompanhando o mesmo padrão em tempo real. Estava levando quase 12 horas (para minerar um bloco), a ViaBTC não tem mais do que 25 Ph de mineração, o último bloco tinha levado 339 minutos e BAM! Tivemos um bloco minerado em 13 minutos. Essa é a terceira vez que isso acontece quando fechamos 11,5 horas (de mineração contínua)”

No entanto, desde domingo à noite, o preço do BCH, que havia caído chegando a mais ou menos US$ 200 na véspera, voltou a subir. E, no momento da publicação desse artigo, a taxa média ponderada para 1 BCC era de US$ 362,00.

Rede do Bitcoin Cash foi atacada no fim de semana. BTCSoul.com

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

comentário sobre

  1. BitMen

    Vale lembrar que esse ataque funciona, tanto no Bitcoin Core (que o pessoal insiste de chamar de Bitcoin original), como no Bitcoin Cash. Não é exclusividade do Bitcoin Cash, foi herdado do Bitcoin mesmo. Já estou cansado de ouvir esse ataque de maleabilidade na rede Bitcoin.

Leave a Comment