Riot Blockchain adquire 500 BTC durante leilão de Bitcoin

A antiga empresa de biotecnologia, Riot Blockchain, cujas ações são negociadas na bolsa Nasdaq e que no ano passado apareceu nas manchetes dos jornais depois de começar a oferecer serviços no campo de Bitcoin e outras criptomoedas, atraiu a atenção da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

Publicado em 9 de Fevereiro de 2018 por

O Federal Marshals Service dos EUA anunciou oficialmente que mais de 3,6 mil Bitcoins confiscados vendidos durante o leilão de janeiro foram transferidos com sucesso a cinco novos proprietários. Isso foi relatado pela Coindesk.

As personalidades dos vencedores não foram divulgadas, contudo, sabe-se que apenas uma pessoa (ou empresa) comprou 1,6 mil Bitcoins  (equivalentes a cerca de US$13,4 milhões no momento da publicação) de uma só vez. Os quatro lotes restantes foram de 500, 500, 200 e 813 Bitcoins (US$4 milhões, US$4 milhões, US$1,6 milhões e US$6,7 milhões, respectivamente). No momento da venda em 22 de janeiro, o preço de mercado médio ponderado dos Bitcoins vendidos era de aproximadamente US$42 milhões.

Publicidade

Publicidade

Um dos compradores foi a empresa Riot Blockchain, cujos representantes anunciaram publicamente a aquisição de um dos lotes – 500 Bitcoins. A publicação também observa que o Federal Marshals Service não poderia vender os 100 BTC restantes devido a “dificuldades técnicas imprevistas”.

Vale ressaltar que, até outubro do ano passado, a empresa Riot Blockchain, baseada em Colorado, se chamava Bioptix, sendo que ao momento de sua mudança de nome, sua taxa de ações dobrou. Um pouco mais tarde, a Riot Blockchain anunciou a compra de 1,2 mil sistemas de mineração da Bitmain.

Lembramos que em 22 de janeiro, o Federal Marshals Service dos EUA colocou 3.813 Bitcoins confiscados nos casos criminais, civis e administrativos em leilão. As moedas foram divididas em 11 lotes: cinco lotes de 500 Bitcoins cada um, cinco de 100 e um lote de 813 BTC. O depósito mínimo para aqueles que desejavam participar na licitação era de US$200 mil.

Publicidade

Publicidade

Vale ressaltar que o primeiro leilão de venda de Bitcoins foi realizado pelo US Bailiff Service em 2014. À época, os fundos foram retirados da plataforma de negociação Silk Road. 30 mil BTC foram vendidos ao notório investidor Tim Draper. Além disso, parte dos Bitcoins da Silk Road foi adquirida pelo Bitcoin Investment Trust de Barry Silbert e outras empresas bem conhecidas.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment