Rodando na blockchain com Walmart e cia

Como Walmart, Wells Fargo e outros gigantes de vários bilhões de dólares usam Blockchain para verificar, manter e enviar produtos.

Publicado em 11 de dezembro de 2016 por

Como Walmart, Wells Fargo e outros gigantes de vários bilhões de dólares usam Blockchain para verificar, manter e enviar produtos.

Um número crescente de empresas multibilionárias, bancos, instituições financeiras e organizações começaram a utilizar a tecnologia Blockchain para autenticar dados. Ao fazê-lo, implementações novas e únicas da tecnologia Blockchain foram introduzidas, incluindo a transferência de algodão baseada na Blockchain do Commonwealth Bank e o uso de Blockchain pelo Walmart para rastreio e distribuição de alimentos.

Publicidade

Publicidade

Walmart e o escândalo da carne de porco China

Gigantes do varejo, como Walmart, conduziram testes usando a tecnologia Blockchain para armazenar dados de remessa e informações de distribuição em uma rede imutável.

No final de outubro, a IBM anunciou que a Walmart e a instituição líder em tecnologia chinesa, Tsinghua University estavam conduzindo testes com a tecnologia, IBM Blockchain de nível empresarial, para rastrear a distribuição de alimentos na China.

As equipes de desenvolvimento e pesquisa da Walmart chegaram a um consenso em meados de 2016 para se engajar no desenvolvimento do sistema baseado em Blockchain da IBM, depois que Hong Kong e China foram atingidas por várias críticas controversas, incluindo um grande escândalo do porco contaminado.

Publicidade

Publicidade

Ambos os distribuidores locais e internacionais não comentaram sobre o assunto, como a Hong Kongers, ambos ficaram exasperados pela distribuição de carne contaminada. Os carregamentos contaminados, que poderiam ter levado a graves consequências para a saúde quando consumidos, passaram por extensos processos de verificação do governo e das autoridades para chegar ao mercado de consumo.

O South China Morning Post confirmou que 319 porcos contaminados por drogas proibidas, incluindo salbutamol e clenbuterol, foram descobertos no sudeste da China em agosto.

O SCMP relatou:

“Pelo menos 40 porcos foram encontrados a venda em 27 varejistas por toda a cidade quando o problema veio à luz na manhã seguinte, mas o público ainda está no escuro sobre as razões por trás do deslize.”

Ko Wing-man, um respeitado oficial de saúde de Hong Kong, admitiu que o governo cometeu erros no processo de autenticação.

Para evitar esses escândalos, resultantes dados fraudados de autenticação e manipulação de informações, o Walmart está testando sua tecnologia com a Universidade de Tsinghua, para facilitar a distribuição da carne de porco.

Primeiro carregamento real baseado em Blockchain

O Commonwealth Bank da Austrália e o banco americano Wells Fargo também entraram em uma parceria estratégica para utilizar a tecnologia Blockchain para facilitar um envio de algodão do Texas para Qingdao, na China.

Em 24 de outubro, o Commonwealth Bank of Australia anunciou em uma declaração que liquidou a primeira transação interbancária aberta do mundo, facilitando o envio do produto da Brighann Cotton do Texas para Qingdao.

O Commonwealth Bank, Wells Fargo e Brighann usaram a tecnologia Skuchain Brackets, um sistema de Blockchain desenvolvido especificamente para o comércio colaborativo e operações corporativas.

A Skuchain afirma que a Blockchain oferece uma visão confiável e em tempo real das transações e transferências de ativos, a deixando perfeita para empresas, como a Brighann, que buscam rastrear a distribuição internacional de seus produtos.

A equipe da Skuchain disse:

“Ela fornece uma visão confiável e em tempo real do estado da transação, trazendo transparência significativa para todos os participantes e ajuda-os a construir um ecossistema de cadeia de suprimentos mais confiável e estável”.

Como organizações, como o Walmart e o Commonwealth Bank, continuam a usar a tecnologia Blockchain para operações e liquidação fora do âmbito das finanças, o potencial da tecnologia será descoberto e reconhecido por uma ampla gama de indústrias.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment