Roger Ver recompensa mineiros por apoio a Bitcoin Unlimited

Roger Ver é aficionado pelo Bitcoin, nesse momento ele acredita que Unlimited é a melhor opção para o aumento de bloco da rede e esta investindo nisso.

Publicado em 8 de março de 2017 por

Roger Ver lançou uma pool de mineração Bitcoin, de sua própria marca “Bitcoin.com”, que oferece aos mineiros uma recompensa de bloco de 110%.

10% de premio por apoio ao Bitcoin Unlimited

O empresário e fiel adepto do Bitcoin Unlimited apresentou a Mining Pool no Twitter nesta segunda-feira.

Publicidade

Publicidade

Descrita como “a maior pool de mineração do mundo”, ela incentiva os mineiros a manter o Bitcoin Unlimited com um prêmio de 10% – tornando o Bitcoin um sistema de prova de participação. Atualmente, a pool é responsável por cerca de 2,49% da taxa global de hash do Bitcoin.

Respostas ao anúncio do Twitter de Ver foram previsivelmente cobradas com a política interna constantemente seguindo o debate de dimensionamento do Bitcoin.

Reações diversas incluíram acusações de que Ver “vem centralizando” o Bitcoin, bem como a ideia de fazer mineiros ficarem longe de pools que veem defendendo Bitcoin Unlimited sobre o Segregated Witness (SegWit).

Mais prejudica que ajuda, será?

Ver se tornou uma pessoa cada vez mais controversa nos últimos meses através de sua defesa do Bitcoin Unlimited, que tem sido notado por seu estilo comparativamente emocional em comparação a outros comentaristas.

Sua posição tem sido frequentemente recebida com críticas e até mesmo ridicularização, não só de usuários leigos, mas de figuras bem conhecidas na indústria das criptomoedas.

Mais recentemente, Tone Vays fez o upload de uma lista de Altcoins onde Roger Ver diversificou seus fundos “para uma melhor privacidade e custos de transação mais baratos”.

User-Activated Soft Fork (UASF) a bola da vez

Em meio a esse constante debate sobre a cadeia de blocos do Bitcoin nesse fim de semana, surgiu uma nova ideia que pode levar a implementação do SegWit. Apesar da solução de escalonamento receber uma boa quantidade de críticas, está sendo sugerido que um chamado User-Activated Soft Fork (UASF) pode ser a maneira mais segura e mais popular para fornecer um fim para o impasse.

“Esta é uma verdadeira solução de mercado onde os usuários (validando nós e carteiras) escolhem uma data de ativação no futuro e começam a retransmitir transações em “SegWit”, disse um comentarista do podcast Bitcoin & Markets na semana passada.

“Como essas transações são válidas para clients mais antigos (compatível com versões anteriores), não há problema em validar a transação”.

O ex-COO do BTCC, Samson Mow, dirigiu-se até o Twitter anunciando uma recompensa de 1 BTC de recompensa para quem for  capaz de gerar código para um “UASF seguro”.

Os dados mais recentes da Coin Dance mostram 25,9% da rede de mineração do Bitcoin em apoio ao SegWit, enquanto a Bitcoin Unlimited está ligeiramente atrás em 22,7%.

Enquanto isso, a mempool do Bitcoin, que reserva as transações ainda não processadas pelos mineiros, continua a bater recordes de congestionamento.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment