Ropsten – rede de teste Ethereum – é atacada

Os desenvolvedores do antivírus Bitdefender identificaram hackers que tomam controle sobre os mineradores de moeda criptográfica Ethereum e roubam dinheiro das carteiras das vítimas.

Publicado em 5 de outubro de 2017 por

A versão da Blockchain Ethereum, que os desenvolvedores usam para testar a próxima atualização da rede, foi submetida a um ataque de spam. Isso foi relatado pela CoinDesk.

Conforme observado, as falhas na rede Ropsten começaram ao testar o novo software, que os desenvolvedores Ethereum planejam ativar durante o próximo hard fork chamado Byzantium. Ao mesmo tempo, eles argumentam que é improvável que os atacantes possam influenciar o momento da ativação do fork e não há motivos sérios de preocupação.

Publicidade

Publicidade

O ataque de spam levou os desenvolvedores a se mudar para a rede [mais segura] Rinkeby, na qual, no entanto, não é possível testar completamente a atualização. De acordo com o desenvolvedor Raiden Lefteris Karapetsas, a rede Ropsten é o análogo mais próximo da rede principal do Ethereum.

Além disso, a publicação observa que os atacantes preencheram a rede Ropsten com milhares de transações de spam geradas automaticamente. O último ataque desse tipo ocorreu em março, e então o time Ethereum foi forçado a reescrever a versão de teste da Blockchain.

Para combater os ataques foi necessário um aumento do custo das transações, mas este passo prejudicou as possibilidades de testar novamente o software. Posteriormente, os desenvolvedores foram forçados a adiar temporariamente o trabalho com o Ropsten.

“Isso nos trouxe muita inconveniência e distração do trabalho”, comentou um desenvolvedor da rede Ethereum, expressando confiança de que a data do hard fork não será transferida.

Em geral, os desenvolvedores não entendem os motivos dos ataques na rede de teste, onde uma moeda que não possui valor é usada.

“Parece-me que eles simplesmente gostam”, concluiu ele.

A Ropsten é uma das três versões de teste da rede Ethereum para verificar atualizações. Uma de suas características é que ela oferece suporte para os dois principais clientes da rede Ethereum: Geth e Parity. Além disso, é a única que pode emular completamente o algoritmo de consenso da Prova de Trabalho.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment