Samsung lança chips para mineradoras ASIC

No primeiro trimestre de 2018, a Samsung Electronics aumentou seu lucro operacional em 58% (em comparação a 2017), o que totalizou 15,6 trilhões de won (US$14 bilhões),

Publicado em 31 de Janeiro de 2018 por

A gigante sul-coreana, Samsung, começou a produção de equipamentos para mineração de Bitcoin e outras criptomoedas. Isso foi relatado pela CCN com referência à mídia local.

A corporação possui uma das maiores fábricas de semicondutores do mundo, e, no ano passado completou o desenvolvimento de novos processadores para mineradoras ASIC. A produção em massa começou em janeiro, informou o TheBell.

Publicidade

Publicidade

De acordo com a publicação, a Samsung fornece chips a uma empresa chinesa sem nome para a produção de equipamentos para mineração.

“A Samsung está lançando produção para fornecer chips de hardware e ASIC a empresas chinesas de mineração. Como estamos apenas iniciando esse negócio, ainda é difícil avaliar o possível lucro “, afirmou o representante da empresa.

A publicação observa que, no momento, o único outro grande fabricante de semicondutores a concluir um acordo similar com o fabricante de equipamentos para mineração foi o TSMC taiwanês em nome da Bitmain. Dito isso, é importante entender que é possível que a Bitmain se torne o principal concorrente da Samsung neste setor.

Publicidade

Publicidade

Também foi relatado que nos próximos meses, a empresa planeja lançar GPU-mineiros para algumas outras criptomoedas.

Lembre-se de que no ano passado, uma equipe de engenheiros de uma das divisões da Samsung apresentou instalações para criptomoedas constituída por quarenta Galaxy S5 no âmbito do programa de processamento de smartphones antigos. 

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment