O Grupo Bancário Santander introduziu um pedido de Blockchain para pagamentos transnacionais, com base na tecnologia desenvolvida pela Ripple xCurrent.

O Grupo Bancário Santander introduziu um pedido de Blockchain para pagamentos transnacionais, com base na tecnologia desenvolvida pela Ripple xCurrent. Isto foi relatado pela CoinDesk tendo como referência o Financial Times.

O aplicativo chamado One Pay FX estará disponível esta semana para os clientes do Banco na Espanha, Reino Unido, Brasil e Polônia.

O desenvolvimento do novo produto durou cerca de dois anos. Já em 2015, o Santander, através de sua divisão de venture InnoVentures, financiou a Ripple com US$4 milhões – que, durante a Série A, conseguiu atrair um total de US$32 milhões em investimentos.

Observe que a solução xCurrent não usa XRP, que é a moeda nativa da rede Ripple. Ao mesmo tempo, assim como observa o Financial Times, a nova solução pode receber quase a metade dos pagamentos feitos pelos clientes de varejo do banco nos países listados acima.