SEC Chipre: cumpram ou fechem!

A SEC Chipre lançou um ultimato às empresas de Forex do país, uma ordem de “cumprir ou fechar”, esses padrões deverão ser implantados dentro de nove meses, o que tem causado incertezas entre as companhias, algumas das quais negociam Bitcoin e moedas tradicionais.

Publicado em 5 de abril de 2017 por

A SEC Chipre lançou um ultimato às empresas de Forex do país, uma ordem de “cumprir ou fechar”, esses padrões deverão ser implantados dentro de nove meses, o que tem causado incertezas entre as companhias, algumas das quais negociam Bitcoin e moedas tradicionais.

As empresas comerciais de varejo localizadas na ilha oferecem aos clientes opções de par Bitcoin/moedas fiduciárias que ainda não foram instruídas sobre as opções para o Bitcoin, mas as últimas declarações da Comissão de Valores Mobiliários (CySEC) e a visão do Banco Central de Chipre sobre criptocorrências podem questionar essas operações .

Oitenta por cento das empresas de varejo e binarias do mundo estão baseadas no Chipre, em seu distrito financeiro de Limassol. Um numero crescente de queixas corre o risco de manchar a indústria que ainda está crescendo a um ritmo acelerado.

Reunião à portas fechadas

Na terça-feira, a presidente da CySEC, Demetra Kalogerou alinhou os executivos das firmas de Forex da ilha para uma abrupta reunião à portas fechadas. Fontes apresentadas na reunião disseram ao Finance Feeds que a mudança está chegando à indústria e que está pode ser uma fase de “ou vai ou racha”.

A indústria de varejo de forex cresceu rapidamente ultimamente, sobrevivendo a alguns escândalos. Algumas empresas já pagaram pesadas multas, o valor gasto em multas já ultrapassa o valor de 3 milhões de euros somente na ilha.

A coisa já vem rolando há um tempo.

Já em 2014, o Banco Central de Chipre emitiu uma advertência sobre os riscos associados com as moedas virtuais, quando certas empresas introduziram o par Dólar/Bitcoin.

Publicidade

Ele ainda mantém uma postura neutra, mesmo sugerindo que os comerciantes ou detentores de moedas virtuais devem tomar medidas para se proteger, pois elas ainda não são regulamentadas. O futuro ainda é incerto para as empresas que oferecem o pares Bitcoin/Moedas diversas.

Novas regulamentações destinadas a proteger os clientes podem afetar as opções de negociação da criptografia.

Call-centers proibidos

Se referindo aos call-centers como sala de caldeira, Kalogerou parece querer proibi-las completamente. O pessoal do centro de venda deverá ser licenciado e examinado pela a partir desse ano – nada de contratar qualquer um que fale, mas não escute o cliente.

Um alerta foi levantado contra relatórios dados aos clientes e também sobre conselho financeiro e os escritórios terão que ser ajustados com base nos países onde um número substancial dos clientes reside para melhor os representar.

O marketing da filial ainda tem que ser chamado para uma proibição estrita ou não, enquanto Kalogerou externou preocupações sobre como monitorar os comerciantes sobre como e o que eles anunciam a potenciais clientes.

“Nós não gostamos de introduzir corretores de todo, nós não gostamos de afiliados”, disse Kalogerou sobre o tema de afiliados.

Limites de alavancagem

Os limites de alavancagem agora serão definidos para um máximo de 1:50 até que os clientes solicitem e mostrem uma aptidão para mais. Atualmente, alavancagem tão alta como 1: 500 estão disponíveis para clientes de varejo. A comissão já solicitou um limite de 1:50 em novembro de 2016, chamando qualquer coisa acima dessa “alavancagem excessiva”.

Com a Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (AEVMM) e os Mercados de Direito Financeiro II (MiFID II) legislação estabelecida pela UE, o mercado se propôs a agir em conjunto. Além disso, a CySEC deixou claro que o ambiente eficiente de taxação sobre as sociedades baseadas no Chipre não vai acolher aqueles que não podem ou não queiram cumprir as regulamentações.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment