SEC suspende projeto de ICO supostamente apoiado pelo PayPal e Boeing

A Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission - SEC) encerrará a operação do projeto de ICO Titanium Blockchain Infrastructure Services Inc., que atraiu ilegalmente US$21 milhões de investidores nos EUA e em outros países.

Publicado em 30 de Maio de 2018 por

A Comissão de Valores Mobiliários (Securities and Exchange Commission – SEC) encerrará a operação do projeto de ICO Titanium Blockchain Infrastructure Services Inc., que atraiu ilegalmente US$21 milhões de investidores nos EUA e em outros países. Isto foi afirmado no comunicado da SEC.

Segundo a agência, o presidente da Titanium, Michael Stollar, enganava investidores sobre o relacionamento do projeto com a Federal Reserve e dezenas de empresas bem conhecidas (incluindo Boeing, Verizon, PayPal, Walt Disney, etc.).

Ainda de acordo com a SEC, Stollar declarou publicamente que tem relações com vários clientes corporativos, enquanto o site Titanium publicou comentários falsos.

A ICO foi ativamente promovida através de videoclipes, nos quais os investimentos no projeto Titanium foram comparados a investimentos na Intel ou no Google.

“Esta ICO contava com promoções em redes sociais, onde as informações sobre as perspectivas de negócios eram falsas e enganosas para os investidores. Depois de considerar vários casos envolvendo ICOs fraudulentas, pedimos novamente aos investidores que sejam particularmente cautelosos”, alertou Robert Cohen, chefe da divisão cibernética da SEC.

Em 22 de maio, os reguladores pela primeira vez apresentaram uma queixa ao Tribunal Distrital Federal de Los Angeles, que então acusava Stoller e a Titanium de violar as disposições antifraude e as leis federais sobre valores mobiliários.

A SEC está buscando uma proibição judicial que permita o retorno da “renda obtida ilegalmente” com multas e juros, além de procurar uma oportunidade para proibir o fundador da Titanium de emitir ativos digitais no futuro.

Vale ressaltar que anteriormente, a SEC lançou um site para fins educacionais, promovendo uma ICO fraudulenta não existente, a HoweyCoin.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment