Shinhan Bank e KT juntam esforços para criar solução de Blockchain

Estabelecida no final do ano passado, a Korean Blockchain Association (KBA) propôs um conjunto de regras para a autorregulação projetada de estabelecimento de padrões para a operação de corretoras criptomonetárias.

Publicado em 9 de agosto de 2018 por

Os gigantes da Coreia do Sul Shinhan Bank e KT formaram uma parceria para desenvolver uma plataforma de Blockchain para trabalhar com vales digitais, que serão introduzidos pelos governos regionais.

O Shinhan Bank, segundo maior banco da Coréia do Sul em termos de ativos totais, anunciou na quarta-feira que assinou um acordo com a empresa de telecomunicações KT para construir uma solução baseada em Blockchain. A nova plataforma pretende se beneficiar das intenções recentemente anunciadas pelos governos regionais de lançar vales digitais. Os vales podem substituir o dinheiro em certas áreas, e os governos locais afirmaram no início de 2018 que introduziriam vales digitais para reviver as economias locais em toda a Coreia do Sul.

De acordo com o contrato, a KT deve desenvolver uma plataforma de Blockchain e um sistema de rede, enquanto o Shinhan Bank será responsável pela construção de soluções financeiras relevantes, como sistemas de pagamento e de contas que serão integrados à plataforma.

Jang Hyeon-ki, chefe da unidade de estratégia digital do Shinhan, comentou:

“A parceria estratégica do Shinhan com a KT faz parte dos nossos esforços para introduzir uma convergência entre finanças e TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação). A tecnologia de Blockchain levará as atividades financeiras dos clientes a um novo nível”.

Shinhan, com sede em Seul, é o primeiro banco coreano a demonstrar consciência sobre o enorme potencial da tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), que é outro nome para Blockchain. O banco montou um centro de pesquisa focado em Blockchain que faz parte de seu Departamento de Estratégia Digital. O Shinhan está implementando a tecnologia para desenvolver um sistema integrado de certificação relacionada a operações financeiras, como transferências eletrônicas online e Forex.

A KT, maior empresa de telecomunicações da Coréia, também demonstrou interesse em Blockchain: no mês passado, tornou-se conhecido que a empresa de telecomunicações havia desenvolvido a primeira rede comercial baseada em tecnologia de registro distribuído.

Falando sobre a parceria com o Shinhan Bank, Kim Hak-joon, diretor da KT Platform Service, disse:

“Nossa parceria com o Shinhan Bank será uma oportunidade para expandir os limites da tecnologia de Blockchain da KT para o setor financeiro. A KT continuará fazendo seu melhor para contribuir para a indústria de Blockchain do nosso país”.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment