Sikoba: Plataforma P2P lança pré-venda de token

A plataforma de dinheiro descentralizada Sikoba, com sede em Londres, anunciou sua próxima ICO (Initial Coin Offering - Oferta Inicial de Moeda) com uma pré-venda simbólica.

Publicado em 8 de maio de 2017 por

A plataforma de dinheiro descentralizada Sikoba, com sede em Londres, anunciou sua próxima ICO (Initial Coin Offering – Oferta Inicial de Moeda) com uma pré-venda simbólica. A plataforma suportada por blockchain baseia-se em um sistema P2P de “promissórias digitais”, a crowdsale dará aos participantes a oportunidade de receber um bônus de 50% em moedas SKO – uma criptografia projetada para alimentar as transações dentro da plataforma Sikoba. A ICO ocorre entre 25 de abril e 15 de maio de 2017.

Um sistema de promissórias digitais baseado em blockchain

A plataforma descentralizada de dinheiro da Sikoba permite que os usuários ofereçam linhas de crédito mútuas dentro de um sistema IOU, do inglês “I Owe yoU”, o que nada mais do que uma promissória, baseado em blockchain.

O sistema de crédito P2P é possível através de vários contratos inteligentes e dá aos usuários a liberdade de pagar uns aos outros com moedas fiduciárias e/ou digitais. Os contratos inteligentes da Sikoba têm condições especificadas, estruturas de taxas e regras de reembolso para manter as relações de crédito em ordem.

A plataforma emprega um sistema de “conversão de crédito” que também permite que os usuários que não tenham de confiar uns nos outros para que troquem crédito de forma segura.

Na Sikoba, as moedas fiduciárias ou criptomoedas podem atuar como um meio de troca quando não há ligações de crédito entre os participantes, ou para pagar saldos pendentes quando necessário.

O CEO da Sikoba, Aleksander Kampa expressou recentemente a intenção da empresa de que a plataforma descentralizada evolua para uma entidade inteiramente independente e auto organizada.

Publicidade

 A blockchain Sikoba poderia conseguir isso usando seu projeto de “Blockchain Federada (Privada)”. Esta blockchain única e auto-governante, permitiria a adição e remoção de participantes, com base no consenso de voto de seus membros.

O CEO da Sikoba, Aleksander Kampa

Este é um modelo de mineração autorizado, onde apenas nós autorizados adicionam blocos a blockchain. Kampa também afirmou que a Sikoba provavelmente usaria a rede Ethereum como um notário, mas ainda realizará suas operações primárias por conta própria, ou através de outra blockchain. A blockchain será escolhida com base nos critérios relevantes de escalabilidade, flexibilidade e velocidade.

A Sikoba opera com uma pequena equipe de desenvolvimento, auxiliada por vários membros importantes de apoio. A iniciativa ainda está na fase pré-alfa, a plataforma de promissórias digitais da Sikoba não deverá estar totalmente operacional até o final de 2017. Os fundos de pré-venda SKO serão apropriados para a expansão da equipe Sikoba, finalizar um white paper detalhado e desenvolver um MVP (produto viável mínimo) para o final do ano.

A plataforma Sikoba tem como objetivo oferecer um sistema virtual de crédito ou IOU (promissórias digitais) totalmente funcional que ofereça aos usuários a capacidade de obter valor credenciado, emprestado de outro participante sem liberar recursos. Os tokens SKO servem como um tipo de crédito digital e têm o potencial de se tornar um aspecto importante do sistema de crédito futuro.

Sikoba ICO – Pré-Venda de Tokens

As moedas de pré-venda da Sikoba estão programadas para serem lançadas até o final de junho de 2017. Os participantes receberão fichas de SKO utilizáveis após o lançamento da plataforma, previsto para o terceiro trimestre de 2018. A fase de pré-alocação começou em 17 de março de 2017 e a pré-venda em 25 de Abril.

Após a pré-venda, os tokens pré-venda Sikoba serão emitidas na blockchain Ethereum. Eles serão mais tarde trocáveis em tokens SKO, que serão usados para pagar taxas de transação na rede Sikoba.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment