Singapura apresenta solução de Blockchain para ativos tokenizados

A Autoridade Monetária de Singapura (MAS) publicou um novo manual, especificando casos em que os tokens emitidos durante as Ofertas Iniciais da Moedas (ICOs) podem estar sujeitos às disposições das leis sobre os valores mobiliários.

Publicado em 13 de novembro de 2018 por

A Autoridade Monetária de Singapura (MAS, na sigla em inglês) e a bolsa de valores do país (SGX, também na sigla em inglês) desenvolveram um sistema de cálculo para ativos tokenizados que podem funcionar com várias Blockchains. Isso foi relatado em um comunicado de imprensa.

O novo sistema, que opera sob o esquema “delivery versus payment”, utiliza contratos inteligentes para automatizar operações de pós-negociação, ajudando a encurtar o ciclo de transações.

O protótipo da plataforma foi desenvolvido com a participação da Nasdaq e da Deloitte no âmbito do projeto Ubin, que continua desde novembro de 2016 sob a liderança da MAS. Em particular, este projeto visa explorar as capacidades da tecnologia de registro distribuído para pagamentos, compensação e operações com títulos.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment