Sócio de Tether pode estar envolvido em lavagem de dinheiro

Na terça-feira, dia 23 de janeiro, a Tether Ltd suspendeu a emissão de Tokens USDT. Foi neste dia também que o correio entregou uma convocação da Comissão de Negociação de Futuros dos EUA (CFTC) aos representantes da empresa.

Publicado em 7 de novembro de 2018 por

Agências policiais brasileiras apelaram para as autoridades das Bahamas para que ajudem na investigação de transações suspeitas do Deltec Bank & Trust, novo sócio bancário da Tether Limited. Isso foi relatado pelo O Globo.

A Procuradoria Geral do Estado de São Paulo está investigando o caso de Paulo Vieira de Souza, ex-diretor da construtora rodoviária DERSA. Souza é acusado de aceitar propina da empresa comercial Odebrecht.

Supõe-se que o chefe da DERSA tenha transferido cerca de US$25 milhões para as contas da empresa offshore panamenha Nantes Group, que foram servidos pelo banco suíço Bordier & Cie. De acordo com os policiais, Souza era o beneficiário direto dessas contas.

No entanto, os investigadores estão convencidos de que a empresa panamenha não era o último elo no esquema da lavagem de dinheiro: em fevereiro de 2017, esses fundos supostamente migraram para contas no Deltec Bank & Trust, das Bahamas.

No momento, a Procuradoria brasileira está aguardando uma resposta oficial das Bahamas sobre se o dinheiro de Souza realmente está nas contas do Deltec Bank & Trust. Foi relatado também que os países já têm experiência em lidar conjuntamente com casos de lavagem de dinheiro.

Vale ressaltar que anteriormente, o presidente do conselho de administração do Deltec Bank & Trust, Jean Chalopin, confirmou a autenticidade da carta datada de 1 de novembro, que afirmava que ao final do dia 31 de outubro, a Tether Limited tinha US$1.831.322.828 em sua conta bancária.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment