Sony e IBM criaram plataforma blockchain para a educação

A Sony Sony Global Education em conjunto com a gigante de IT, IBM, desenvolveu uma blockchain que promete solucionar os problemas relacionados à segurança na troca de informações sobre os alunos.

Publicado em 11 de agosto de 2017 por

A Sony Sony Global Education em conjunto com a gigante de IT, IBM, desenvolveu uma blockchain que promete solucionar os problemas relacionados à segurança na troca de informações sobre os alunos. Isso foi publicado na revista ForkLog.

Segundo a publicação, o lançamento da plataforma de blockchain educacional está prevista para o próximo ano. No coração do novo desenvolvimento está a plataforma da IBM Blockchain, concebida com base na tecnologia da rede Hyperledger.

Publicidade

Publicidade

De acordo com os desenvolvedores, a plataforma irá permitir que os professores se comuniquem uns com os outros sobre o progresso e realizações de outros estudantes. A solução tecnológica pode ser usada em estabelecimentos que vão desde o ensino primário ate as universidades.

Representantes do conglomerado japonês disseram que a empresa pretende criar também outros serviços baseados em blockchain, que será ligada à esfera educacional.

“A tecnologia blockchain tem o potencial para ter um impacto significativo em uma variedade de indústrias e educação não é exceção”, disse Masaaki Isozu, presidente da Sony Global Education.

Além disso, de acordo com representantes da Sony, a empresa vai também estudar a possibilidade de utilizar a tecnologia blockchain em áreas como logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Há apenas um mês, a versão 1.0 da plataforma blockchain Hyperledger foi lançada, o que melhorou transações de canais privados, gerou maior confiabilidade e largura de banda.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment