Spacemesh arrecada US$15 milhões para desenvolvimento de protocolo de consenso

A startup Spacemesh, que está desenvolvendo um novo protocolo de Proof-of-Space-Time (PoST), concluiu uma rodada de financiamento da série A, arrecadando US$15 milhões.

Publicado em 6 de setembro de 2018 por

A startup Spacemesh, que está desenvolvendo um novo protocolo de Proof-of-Space-Time (PoST), concluiu uma rodada de financiamento da série A, arrecadando US$15 milhões. Isso foi relatado CoinDesk.

A rodada de financiamento foi liderada pela Polychain Capital. MetaStable, Paradigm, Coinbase Ventures, Bain Capital, 1kx, Arrington XRP Capital, Danhua Capital, Electric Capital, Fundo Colaborativo, Jack Herrick e outros investiram na Spacemesh.

A startup está desenvolvendo um “sistema operacional baseado no princípio de Blockmesh” e o chama de “olhar para a Blockchain de um novo ângulo”. A novidade funcionará no protocolo de consenso PoST e poderá ser lançada em qualquer computador. Adicionalmente, o próprio protocolo estará protegido de poderosas mineradoras ASIC.

De acordo com Tomer Afek, o cofundador da Spacemesh, os fundos serão usados para expandir a equipe de desenvolvimento e pagar por seu trabalho, bem como para apoiar o programa de recompensas. No momento, a equipe conta com 10 desenvolvedores, mas a startup continua recrutando funcionários.

“Estamos trabalhando no protocolo e na criação de um nó completo. Planejamos lançar a rede principal e a criptomoeda programável Spacemesh depois de realizar auditorias de segurança e detectar quaisquer erros no código, depois de publicarmos o protocolo Spacemesh finalizado e evidências comprovadas de segurança”, afirmou Afek.

A rede de teste do protocolo deve ser lançada no início de 2019, e o primeiro bloco será gerado no segundo trimestre do próximo ano.

O protocolo PoST permitirá que os participantes armazenem dados em seus computadores por um determinado período de tempo. De acordo com a Spacemesh, o sistema será mais eficiente energeticamente que os algoritmos baseados no protocolo proof-of-work (PoW) e mais acessível que os sistemas baseados no protocolo de Proof-of-Stake (PoS).

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment