Sputnik DLT lança serviço de proteção a direitos autorais em Blockchain Waves

Após o lançamento de contratos inteligentes na rede de testes da Blockchain Waves no final de abril, a equipe do projeto está se preparando para o lançamento completo da ferramenta. A ativação de contratos inteligentes na rede de testes Waves Platform é esperada na sexta-feira, 4 de maio, por volta das 10:00 horário de Brasilia.

Publicado em 22 de novembro de 2018 por

A startup russa Sputnik DLT desenvolveu o serviço “Depositor” para provar direitos autorais. A plataforma funciona com base na Blockchain Waves. Isso foi relatado por representantes da startup.

O “Depositor” retém no registro distribuído uma impressão digital do trabalho (hash), que muda conforme alterada. Isso permite que o usuário prove que o autor que contribuiu para a Blockchain possui direitos sobre determinado produto por um período específico de tempo.

Em adição, ele recebe instruções para proteger seus direitos, bem como modelos de reivindicações e reivindicações exigidas em caso de litígio. Como anunciado em um press release, especialistas da Sputnik DLT estão prontos para aconselhar representantes do judiciário a respeito dos princípios da tecnologia.

“Os direitos de muitos resultados de atividades intelectuais (software, trabalhos literários, design) precisam ser registrados – direitos surgem após a criação de um trabalho sem quaisquer formalidades. Contudo, é melhor confirmar a autoria, para que, no futuro, em uma disputa, o autor possua evidências de primazia. Você pode enviar um disco com o trabalho para si mesmo por e-mail ou pagar a um notário. E pode economizar tempo e dinheiro salvando esse produto na Blockchain”, afirmou Artem Tolkachev, fundador da Sputnik DLT.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment