Startups suíças poderão aceitar depósitos de até US$100 milhões

O Bitcoin recebeu outro poderoso impulso para adoção em massa: seu logotipo foi projetado na construção do Banco Nacional da Suíça, em Zurique.

Publicado em 4 de dezembro de 2018 por

A Autoridade de Supervisão dos Mercados Financeiros da Suíça (FINMA) anunciou que startups locais de Blockchain e criptomoedas poderão solicitar uma nova licença para atividades no campo da tecnologia financeira, que lhes permitirá aceitar depósitos de até 100 milhões de francos suíços (US$100 milhões) junto com bancos tradicionais.

Segundo a FINMA, as novas regras entrarão em vigor a partir do dia 1 de janeiro de 2019.

“A licença financeira permitirá que as organizações aceitem depósitos públicos de até 100 milhões de francos suíços, desde que esses fundos não sejam investimentos e nenhum juros sejam pagos deles”, disse o regulador em comunicado.

Um requisito adicional é que a empresa que busca uma licença deve estar registrada e operar na Suíça.

Empresas interessadas devem fornecer à FINMA uma série de documentos comprovativos, incluindo uma descrição detalhada do negócio e seus objetivos, alcance geográfico e público-alvo. A FINMA também exige total transparência na gestão das empresas, incluindo os endereços dos diretores, dados sobre sua educação, currículos, fatos de processos criminais e até mesmo feedback de empregadores anteriores.

As empresas também precisarão listar todos os acionistas que tenham participação direta e indireta em seu capital – a participação deve ser superior a 5%. Os estrangeiros devem fornecer documentos comprovativos emitidos em sua terra natal.

Vale notar que as novas oportunidades para startups de criptomoedas surgiram devido às alterações que foram introduzidas recentemente na Lei Suíça sobre Atividades Bancárias e destinadas a desenvolver inovações no campo das tecnologias de Blockchain e de criptomoedas.

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment