Suíça dá sinal verde a Xapo

A Xapo, empresa e carteira de Bitcoin, anunciou hoje que recebeu um sinal de aprovação antecipado do órgão regulador da Suíça.

Publicado em 27 de janeiro de 2017 por

A Xapo, empresa e carteira de Bitcoin, anunciou hoje que recebeu um sinal de aprovação antecipado do órgão regulador da Suíça.

A empresa, agora sediada na Suíça, disse em um novo post no blog que recebeu “aprovação condicional” da FINMA (Swiss Financial Market Supervisory Authority) para fazer negócios no país europeu.

Publicidade

Publicidade

A aprovação não é definitiva, no entanto, como a Xapo disse, o órgão regulador quer vê-los aderir a uma organização de autorregulação (SRO), entre outras coisas. A Xapo mudou-se para a Suíça em meados de 2015, citando preocupações, como a privacidade dos clientes no momento em que se afastava de suas operações em Palo Alto, Califórnia. (Vendo o que a CoinBase tem passado, parece que eles não estavam errados).

No blog, o CEO Wences Casares escreveu que a empresa está “otimista de que atenderemos às condições exigidas”.

Casares escreveu:

“Queremos elogiar a FINMA pelo seu profissionalismo durante todo o processo de aprovação. Desde o início, o pessoal da FINMA tem agido de forma proativa, colaborativa e transparente. Enquanto a Xapo nem sempre recebeu as respostas que queria, sempre recebemos respostas fundamentadas em razão, lei e fidelidade ao princípio da defesa do consumidor”.

Publicidade

Publicidade

O desenvolvimento representa o último sinal positivo fora da Suíça para as empresas que procuram trabalhar com a tecnologia.

Nos últimos meses, um grande operador ferroviário suíço passou a oferecer serviços de compra de Bitcoin através de seus quiosques de ingresso e uma das telecomunicações do país se juntou ao projeto de blockchain Hyperledger. Além disso, os reguladores suíços continuam a empurrar o desenvolvimento da tecnologia para um ambiente mais aberto em uma tentativa de atrair startups.

Publicidade

Publicidade

Chrys
Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Leave a Comment