Telegram realizará uma das maiores ICOs da história

Fraudadores desconhecidos estão tentando enganar os usuários da Internet oferecendo-lhes a chance de comprar a criptomoeda GRAM do Telegram – que não existe.

Publicado em 9 de Janeiro de 2018 por

A Oferta inicial de moedas (ICO) do Telegram pode se tornar uma das maiores da história: somente durante a pré-venda, os organizadores pretendem arrecadar até US$500 milhões; a etapa subsequente à campanha pode aumentar a capitalização de tokens para 3-5 bilhões de dólares. Isso foi relatado pela TechCrunch com referência a “várias fontes”.

De acordo com a publicação, a rede Telegram Open Network (TON) deve se tornar uma Blockchain de “terceira geração” – após o Bitcoin e Ethereum – com recursos de um novo nível. A rede usará tokens Gram para pagamentos internos de usuários.

Publicidade

Publicidade

De acordo com dados ainda não confirmados, os participantes da pré-venda não incluídos no “círculo íntimo” do criador do Telegram, Pavel Durov, precisarão investir pelo menos US$20 milhões. Além disso, apenas moedas fiat serão aceitas durante a ICO, nada de Bitcoin ou ETH.

Conforme relatado, as principais empresas de investimento institucional já mostraram interesse na ICO, mas Durov está cauteloso com suas propostas. De acordo com o TechCrunch, isso se deve em parte aos eventos passados em torno da rede social VKontakte, quando “os acionistas oligarcas associados ao governo russo forçaram Durov a vender sua parte da empresa”. Conforme a publicação, um desses investidores interessados é a Mail.Ru Group, porém, representantes da empresa ainda não comentaram esta informação.

De acordo com a TechCrunch, aproximadamente 4% de Gram (200 milhões de tokens) irão para o apoio à equipe do Telegram. Além disso, a empresa manterá “pelo menos 52%” de todo o estoque de tokens em ordem de “manter a flexibilidade e protegê-los de negociações especulativas”. Os 44% restantes serão vendidas em campanhas públicas e privadas. Além do aplicativo Telegram, os tokens também serão representados em Exchanges externas.

Publicidade

Publicidade

A publicação acrescenta que o lançamento do Telegram External Secure ID está agendado para o primeiro trimestre deste ano. A carteira Telegram Wallet está programada para ser lançada no quarto trimestre de 2018, e a economia baseada em TON pode aparecer no primeiro trimestre de 2019, seguida pelos demais serviços da Telegram Open Network.

Chrys

Chrys é fundadora e escritora ativa do BTCSoul. Desde que ouviu falar sobre Bitcoin e criptomoedas ela não parou mais de descobrir novidades. Atualmente ela se dedica para trazer o melhor conteúdo sobre as tecnologias disruptivas para o website.

Compartilhe!

Leave a Comment